Criciúma: Uma experiência única inspirada no mundo dos vinhos

Com a intenção de democratizar o consumo, o Astori Wine Bar apresenta um sistema inovador na hora de servir a bebida fermentada. Restaurante oferece a possibilidade de conhecer diversos rótulos com consumo em medidas menores que uma garrafa

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Imagine mergulhar dentro do mundo dos vinhos em pleno Nações Shopping, em Criciúma. Isso é possível no Astori Wine Bar. Inaugurado em novembro, o restaurante tem como proposta democratizar o consumo de vinho, mas sem perder o requinte e a elegância. E isso fica provado logo na chegada ao espaço, que fica na área central do empreendimento.

A recepção ao cliente é feito por um sistema inteligente. A Alexa, inteligência artificial desenvolvida pela Amazon, teve sua funcionalidade adaptada para recepcionar os clientes, identificando os tipos de vinhos, de acordo com o pedido do cliente, em um painel interativo com as próprias garrafas. “Por exemplo, o cliente diz: eu quero vinhos brancos. Eu digo: Alexa, vinhos brancos. Vão acender apenas as luzes com as garrafas de vinhos brancos. O cliente então reforça: quero um vinho chileno, mas com uva Sauvignon Blanc. Então, eu chamo a inteligência artificial e aparece apenas os Sauvignon Blanc”, detalha a sommeliere Gleid Mercy Valente Afonso, a Glê.

O sistema é totalmente inovador e está em desenvolvimento constante para oferecer a melhor experiência ao cliente. “Você não encontra isso em qualquer lugar. De acordo com o que você quiser, acendem as luzes. A gente separou por países e uvas. Ainda está em desenvolvimento e o projeto é de Belo Horizonte”, reforça Glê.

A partir daí, o cliente fica completamente inserido no universo de uma das bebidas mais antigas do mundo. “Tudo é inspirado em vinhos. A cor é mais puxada para o magenta e vinho. Até a parte das garrafas, como decoração, no fundo e toda a parte das paredes que têm videiras como acabamento. A ideia é fazer você entrar em um mundo diferente. No lado de fora, fica o shopping e para cá fica uma experiência no mundo dos vinhos com sabores e texturas”, enfatiza a sommeliere.

Vinho é servido em taças com “dispensers”

Com a intenção de apresentar vinhos de vários lugares do mundo, sem que o cliente precise comprar uma garrafa, o Astori Wine Bar apresenta as “Wine Emotions”. “Elas vêm da Toscana, na Itália, que é uma região famosa pelos vinhos Chiantis, e fazem algo incrível: possibilitam que a gente conheça várias regiões do mundo, sem precisar pagar por uma garrafa e, sim, por uma taça”, ressalta Glê.

A ideia da casa é quebrar com o paradigma de não beber vinho porque é caro. “Ou entãp não beber porque não conhece ou não sabe detalhes. Eu sempre questiono meus clientes da seguinte forma: para beber água, você não precisa saber e vinho é mesma coisa. Basta querer. A ideia é essa”, pontua a sommeliere.

Nas “Wine Emotions”, o cliente pode escolher doses diferentes de taças. “Então, você não precisa necessariamente pegar uma taça de 150ml. Você pode optar por provar 50ml ou 100ml. Se quiser pode pegar a taça normal com 150ml. Às vezes, eu só quero almoçar e tomar uma tacinha, não quero uma garrafa. O legal é que os clientes estão provando na Wine e levando a garrafa porque gostam do vinho”, detalha Glê.

Rótulos poucos encontrados na região

O Astori Wine Bar oferece mais de 150 rótulos de vinhos na Carta. As “Wine Emotions” disponibilizam 16 rótulos, que acabam sendo trocados ou repostos a cada dois ou três dias, em média. “O ser humano tem o hábito de sempre tomar o mesmo vinho, a mesma uva e fazer todo um contexto. Ele fica com medo de errar, mas, com essas máquinas, não. O medo de errar uma taça é menor do que uma garrafa. Então, eu ouso experimentar algo que eu não pagaria por uma garrafa. A surpresa vem dentro da taça e os clientes ficam apaixonados e encantados”, explica a sommeliere.

Poucas pessoas de Criciúma e região têm o hábito de experimentar vinhos da Europa. Isso devido à proximidade com Argentina e Chile, por exemplo, que são produtores da bebida e apresentam grande qualidade. “Eu gosto de um tipo de vinho, por exemplo o Malbec, mas posso experimentar outros como o Montepulciano D’Abruzzo, que é Italiano. Vir para a Europa dá um pouco de choque nas pessoas. Então, a gente consegue fazer com que o cliente que chegou agora saia do Malbec, tome um italiano e fale que surpreendeu”, detalha Glê.

Além de provar os vinhos nas “Wine Emotions”, o cliente pode adquirir a garrafa, caso goste da experiência. “Tem para todos os gostos. A casa já vem com a ideia de trazer vinhos e regiões bem diferentes como Bolívia. A gente está fazendo um trabalho bem legal e não só com vinhos de fora. Estamos valorizando bastante os vinhos brasileiros. Com toda a pandemia, as pessoas abraçaram o que é nosso. Tivemos um aumento de consumo, em média, de 76% de vinhos brasileiros em 2020”, revela a sommeliere.

As harmonizações com o cardápio variado da casa

Além dos vinhos, o Astori Wine Bar apresenta também pratos variados e que agradam diversos paladares. O risoto, por exemplo, é um dos carros-chefe da cozinha do restaurante. “Ele é tradicional da Itália, da região da Lombardia. Eu adoro harmonizar essa comida com vinhos de estrutura mais média como o Pinot Noir, que não tem tanta fruta”, detalha Glê.

Para a sommeliere, não há casamento mais belo que a comida com vinho. “Um casamento que não há separação. A gente consegue bolar um prato, já que o vinho não tem como mudar, para casar com a bebida. A gente consegue obter resultados legais. Temos uma nova Chef, a Priscila, e ela está caprichando. A comida é feita com amor e o prato reluz. A casa mudou alguns pratos e tem alguns mais executivos, tanto para o dia quanto para a noite”, diz.

As entradas também se destacam no cardápio da casa. Uma das atrações é a Blooming Onion – cebola empanada e frita, em gomos, com a possibilidade de ser saboreada com um molho especial. “Ela vai em uma fritadeira especial e fica linda. Da para comer os gomos, que são passados na farinha e fritos. Tem um molho especial que acompanha e fica impressionante”, explica a gerente do Astori Wine Bar, no Nações Shopping, Ana Lúcia Schilling.

As facilidades apresentadas pelo empreendimento são aliadas dos sabores do Astori Wine Bar. “O carro fica em um estacionamento amplo, o cliente pode deixar os filhos correndo que não tem perigo de carro. Pode estar chovendo ou fazendo muito calor, o ambiente é climatizado e seguro. O carro está seguro, tem guardas em todo o shopping. As pessoas se sentem tranquilas aqui dentro”, detalha a gerente. “O local é para todos os povos. A gente quer democratizar mesmo o consumo de vinho e que todas as pessoas possam provar vinhos de todos os lugares do mundo e com um preço acessível”, completa.

Projeto de expansão está em andamento

Originário do Sul de Santa Catarina, o Astori Wine Bar já projeta expansão para outras regiões do Brasil. A primeira unidade foi aberta em Nova Veneza, com a proposta de servir carnes argentinas. Depois, surgiu a unidade do Nações Shopping, apostando em algo diferenciado. “O André Andrade, que é o proprietário da casa, com sócios, tem uma expertise em mais de 10 restaurantes em São Paulo. Em 2018, nós abrimos o restaurante portenho, que serve carnes argentinas, no Caravaggio. Então, surgiu esse espaço no Nações Shopping e a gente desenvolveu o conceito do Wine Bar, que a gente não tem muito aqui na região”, explica o diretor de marketing, Eduardo Vieira.

A ideia foi um sucesso, tanto que outros shoppings já procuraram os empreendedores para expandir a marca. “Não é um modelo de franquia, mas temos um planejamento de expansão muito sólido para os próximos anos”, diz Eduardo. O primeiro contrato fora de Santa Catarina, inclusive, já está fechado. “Não dá para revelar os detalhes, mas já temos contrato assinado para um shopping no Sudeste e abrirá até o meio do ano. O restaurante tem a marca da região Sul de Santa Catarina e carrega o elemento italiano no nome para justamente marcar a origem do Astori”, pontua o diretor.

O Astori Wine Bar funciona das 10h às 14h30 e das 18h às 23h.“Até porque tem o cinema funcionando e a gente estende o horário”, finaliza Eduardo.

O quê: Astori Wine Bar

Localização: Nações Shopping, em Criciúma

Horário de funcionamento: 10h às 14h30 e das 18h às 23h.

Mais de 150 rótulos de vinhos

Wine Emotions disponíveis para “self service” de vinho

 

Sugestão de Harmonização

Entrada

– Bruschetta

 

Pratos principais

– Risoto de Funghi com filé mignon

Harmonizado com um vinho da Borgonha, na França, Côtes de Beaune (Pinot Noir)

– Risoto de Salmão com risoto ao limone. (Limão siciliano).

Harmonizado com Petit Le Mont Sauvignon Blanc

 

Sobremesa

 – Tiramisu de frutas vermelhas

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.