Criciúma recebe nesta semana mais 2.340 doses de vacina da Pfizer

Lote com 21.060 imunizantes chegaram à Florianópolis na noite de ontem

Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom
- PUBLICIDADE -

Um novo lote com mais 21.060 doses da vacina do fabricante Pfizer chegou a Santa Catarina na noite desta quarta-feira, 26, às 19h. Desta vez, 13 municípios vão receber doses desta vacina: Balneário Camboriú (1.170), Biguaçu (1.170), Blumenau (2.340), Brusque (1.170), Criciúma (2.340), Florianópolis (3.510), Itajaí (1.170), Jaraguá do Sul (1.170), Joinville (2.340), São José (1.170), Palhoça (1.170), Tubarão (1.170) e Araranguá (1.170). A distribuição dessas doses ocorrerá ao longo da semana.

“Cada chegada de doses permite o avanço da vacinação em Santa Catarina. Hoje anunciamos mais grupos a serem imunizados como toda a força de segurança pública e profissionais que atuam no sistema prisional e socioeducativo. Além dos professores de todo o Estado, que já começaram a ser vacinados nesta quarta”, destaca o governador Carlos Moisés.

- PUBLICIDADE -

As vacinas desta remessa serão utilizadas como dose 1 para que os municípios deem continuidade à vacinação de pessoas de 18 a 59 anos de idade portadoras de comorbidades e de deficiência permanente grave, além de avançar na vacinação do grupo de trabalhadores de educação pública e privada, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade, pessoas em situação de rua, trabalhadores do transporte aéreo e portuário.

O secretário de saúde de Santa Catarina, André Motta Ribeiro, alerta que foi emitida uma nota técnica nesta quarta, orientando as secretarias municipais sobre a aplicação das doses das vacinas AstraZeneca e Pfizer que chegaram ao estado nos dias 25 e 26 de maio.

“O governador Carlos Moisés determinou o reforço de várias ações importantes e emergenciais para o enfrentamento da pandemia. Uma delas é orientar o cumprimento das pactuações e aceleração das campanhas de vacinação”, destaca o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro.

Nesta etapa da campanha, é fundamental que as secretarias municipais de saúde sigam as definições do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, bem como as orientações da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) e da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) na campanha de vacinação. Os grupos prioritários devem ser vacinados seguindo as pactuações realizadas e a ordem de priorização estabelecida. Todas as informações podem ser consultadas na nota técnica.

Doses recebidas na terça já foram distribuídas

Um total de 187.755 doses da vacina AstraZeneca que chegaram ao estado na noite da última terça-feira, 25, já foram entregues a todas as 17 centrais regionais. A distribuição começou no início da tarde. A orientação do estado é para que os municípios iniciem a vacinação dos novos grupos prioritários assim que receberem os imunizantes.

A Secretaria da Saúde também recomenda que seja intensificada a vacinação nos grupos de pessoas com comorbidades e deficiência permanente grave, buscando estratégias para alcançar o maior número de pessoas, considerando as orientações da Nota Técnica Conjunta Nº 01 SES/COSEMS/2021.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.