Criciúma: primeira etapa da vacinação contra a gripe entra na reta final

Segunda etapa inicia na próxima terça-feira (11), e será destina a idosos acima de 60 anos e professores

Foto: Arquivo/Decom
- PUBLICIDADE -

A Secretaria de Saúde de Criciúma segue vacinando a população contra a influenza (gripe) nas 50 Unidades Básicas de Saúde (UBS) com sala de vacinação do município. Até o momento foram imunizadas 9.740 pessoas nesta primeira etapa, que é voltada para crianças de seis meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes e puérperas (até 45 dias pós-parto) e profissionais da saúde. A segunda etapa inicia na próxima terça-feira (11), e será destina a idosos acima de 60 anos e professores.

São 8.256 crianças, 797 gestantes, 139 puérperas e 548 profissionais da área da saúde vacinados nesta primeira etapa, que se encerra na segunda (10). Para a segunda etapa, o público-alvo de vacinação serão idosos acima de 60 anos e professores e que podem se vacinar até o dia 8 de junho. Já a partir do dia 9 de junho até o dia 9 de julho, serão imunizadas pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, passageiros urbanos e de longo curso, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários e população privada do sistema de privação de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.

- PUBLICIDADE -

Processo de imunização

Para crianças que nunca se vacinaram em anos anteriores, até atingir os 5 anos, são necessárias duas doses da vacina. Já para faixa etária acima de 5 anos, mesmo que nunca tenham se vacinado, é necessário somente uma dose. “As pessoas podem se vacinar até o fim da campanha mesmo que a sua etapa já tenha passado. O que não pode é antecipar as etapas”, afirma a enfermeira do setor de imunização da Vigilância Epidemiológica de Criciúma, Liene Magnus.

Para receber a imunização o cidadão deve levar um documento de identidade e o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). Para quem é cadastrado na UBS do Centro, a vacinação está sendo feita na própria unidade, ficando o campo do Criciúma E.C. apenas para vacinação contra Covid.

Vacinação contra a febre amarela em Criciúma

Também é possível se imunizar contra a febre amarela no município. Para isso, a pessoa deve levar um documento de identidade e o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) até uma Unidade Básica de Saúde com sala de vacinação. A vacina é recomendada para pessoas que têm entre 9 meses e 59 anos de idade e para pessoas que têm 60 anos ou mais, é necessário possuir declaração médica.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.