Criciúma: juiz Pedro Aujor Furtado Júnior morre aos 50 anos

Ele não resistiu às complicações causadas pela Covid-19

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

O Poder Judiciário de Santa Catarina (PJSC) comunica, com imenso pesar, o falecimento do juiz de Direito Pedro Aujor Furtado Júnior, 50 anos, ocorrido nesta segunda-feira (12/), às 9h10, na cidade de Criciúma, no Sul do Estado de Santa Catarina, em decorrência das complicações causadas pela Covid-19. O velório será apenas para para familiares e amigos próximos, que serão informados em tempo.

Natural de Curitiba (PR), o juiz Pedro Aujor iniciou o exercício da judicatura em Santa Catarina em janeiro de 1998. Passou pelas comarcas de Videira, Blumenau, Araranguá, Sombrio, Jaraguá do Sul e, por fim, Criciúma, onde estava lotado na 2ª Vara da Fazenda Pública.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.