Criciúma deve receber vacinas da Janssen

Imunizante contra a Covid-19, que é aplicado em dose única, pode chegar à cidade ainda hoje. Quantidade não é conhecida

Fonte: Agência Brasil
- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Após o encerramento das doses das vacinas da Pfizer e da AstraZeneca, Criciúma deve receber, ainda hoje, um novo lote de imunizantes. Desta vez, será uma remessa fabricada pela Janssen – empresa pertencente ao grupo Johnson & Johnson. O Brasil recebeu 1,5 milhão de doses da vacina e pouco mais de 52 mil chegaram à Santa Catarina.

Inicialmente, a expectativa era para a chegada de 104 mil doses ao Estado Catarinense. O principal motivador foi o envio da própria empresa produtora, a Johnson & Johnson, de 1,5 milhão de doses nesta semana, quando eram esperadas 3 milhões. Assim, houve o corte próximo a 50% do estimado para o Estado.

Criciúma será contemplada com uma quantidade ainda desconhecida dos imunizantes. “Devem chegar algumas doses amanhã (hoje), mas ainda não sabemos a quantidade”, diz o Secretário Municipal de Saúde, Acélio Casagrande. A vacina é aplicada em dose única, diferente das demais que vinham sendo aplicadas: Pfizer, AstraZeneca e CoronaVac. Desta forma, a vacina da Janssen é a mais desejada pelas pessoas.

Nos próximos dias, Criciúma deverá receber também um novo lote de CoronaVac e Pfizer para aplicações em primeira dose. Novas vacinas da AstraZeneca também chegarão para a segunda dosagem. A intenção dos dirigentes de saúde da cidade é vacinar as pessoas de até 45 anos até o final da próxima semana.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.