Criciúma: assistência social intensifica serviços em época de frio

As ações prestam auxílio às comunidades em vulnerabilidade social e pessoas em situação de rua

Foto: Arquivo/Decom
- PUBLICIDADE -

Dia 21 de junho é a data que marca o início do inverno no Brasil e, pensando em combater o frio e preservar a saúde dos cidadãos, a Secretaria de Assistência Social e Habitação de Criciúma, vêm trabalhando para atender comunidades em vulnerabilidade social e pessoas em situação de rua no município, mesmo de as temperaturas ficarem baixas.

Abordagens sociais

- PUBLICIDADE -

 Entre as ações, as abordagens noturnas de inverno têm sido feitas regularmente e servem também para distribuir cobertores a moradores de rua. “Além da entrega de cobertores, que possibilita ao morador de rua se esquentar, nós apresentamos e sugerimos os equipamentos sociais do município”, fala o secretário de assistência social de Criciúma, Bruno Ferreira. Segundo o secretário, os serviços prestados pela secretaria são auxílios a pessoas que talvez não conheçam o que o Município oferta. “Assim, eles sabem onde recorrer para mudar de vida e ter toda ajuda que necessitam”, ressalta Bruno.

Também são feitas abordagens diariamente entre o período das 8h às 20h, e que são destinadas ao encaminhamento de pessoas em vulnerabilidade social para a Casa de Passagem e para o Centro Pop, que são centros de abrigo social do município. A Casa de Passagem funciona 24 horas e oferece estadia limitada para dormir. “Os dois centros oferecem alimentação, higienização, roupas, cobertores e máscaras. É todo um auxílio que mantém a pessoa em situação de rua segura e longe do frio”, afirma a coordenadora de proteção social especial, Dudi Sônego.

Agasalhos nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras)

Além disso, a Secretaria de Assistência Social e Habitação, disponibiliza roupas, agasalhos, cobertores, toalhas, roupa de cama e calçados. Para isso, é só ir até um dos sete Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e solicitar o que precisa.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.