Criciúma aplica 5 mil doses de vacina contra Covid-19 no final de semana

Secretaria de Saúde irá trabalhar nesta segunda com cerca de 700 doses restantes para pessoas acima de 45 anos e grupos prioritários

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

As equipes da Secretaria de Saúde de Criciúma vacinaram mais de cinco mil pessoas com a primeira dose da vacina contra covid-19, no último final de semana, entre sexta-feira (25) e sábado (26). A aplicação é considerada recorde pelo Município, que já aplicou mais de 107 mil doses e imunizou cerca de 38% da população.

“Na sexta todas as Unidades de Saúde funcionaram em horário estendido até às 21h e no sábado atendemos até às 17h. Foi um recorde de aplicação e mais uma vez só temos que agradecer às equipes e a população que está atendendo nosso chamado”, destacou o secretário de Saúde, Acélio Casagrande.

- PUBLICIDADE -

Ainda segundo o secretário, das doses recebidas na última semana, um pouco mais de 700 ainda estão disponíveis nas UBSs e a orientação é para que as pessoas entrem em contato antes de se deslocarem para aplicação. “Essas doses devem encerrar ainda nesta segunda-feira, mas esperamos receber novos lotes e manter a progressividade da vacinação, que está acima de 45 anos”, enfatizou o secretário.

Confira quem tem direito à vacina:

  • Pessoas acima de 45 anos
  • Caminhoneiros
  • Motoristas e cobradores do transporte coletivo rodoviário de passageiros urbanos e de longo curso
  • Trabalhadores da limpeza urbana
  • Trabalhadores do transporte ferroviário de passageiros e de cargas
  • Professores
  • Pessoas acima de 18 anos com comorbidades, com doença renal crônica em diálise, transplantados de órgãos sólidos ou medula óssea
  • Gestantes e puérperas e lactantes (Tabela de datas abaixo)
  • Deficientes permanentes
  • Forças de segurança e salvamento
  • Funcionários do sistema prisional

Vacinação Lactantes

A ordem de vacinação das lactantes dependerá do quantitativo de doses recebidas do Ministério da Saúde e encaminhadas aos municípios, e deverá atender aos seguintes critérios e datas:

  • Lactantes que amamentam crianças com até 6 meses de idade: poderão ser vacinadas a partir de 19 de junho;
  • Lactantes que amamentam crianças entre 6 meses a < de 1 ano de idade: poderão ser vacinadas a partir de 26 de junho;
  • Lactantes que amamentam crianças entre 1 ano a < de 2 ano de idade: poderão ser vacinadas a partir de 03 de julho;
  • Lactantes que amamentam crianças maiores de 2 anos de idade: poderão ser vacinadas a partir de 10 de julho.

Para a vacinação é necessária apresentação de prescrição ou declaração médica atestando sua condição, além de documento de identidade com foto e/ou cartão SUS. A imunização deverá seguir as mesmas orientações técnicas de gestantes e puérperas emitidas pelo PNI, inclusive quanto ao tipo de imunizante a ser utilizado (Coronavac).

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.