Criciúma: Alunos finalizam participação em Grand Prix de Inovação

Mesmo sem garantir a classificação para a próxima fase, equipes do Senai comemoraram o aprendizado e o conhecimento adquirido na etapa estadual da competição

- PUBLICIDADE -

Criciúma

Professores e alunos dos cursos de aprendizagem industrial do SENAI de Criciúma, participaram ao longo desta semana da etapa estadual do Grand Prix de Inovação do SENAI. A competição estadual que contou com a participação de quatro equipes da instituição de ensino, teve a inscrição de 825 alunos, que representaram 34 escolas do SENAI em Santa Catarina.

- PUBLICIDADE -

A iniciativa é conhecida como uma corrida de inovação, onde os competidores foram instigados a apresentar a resolução de um desafio proposto pela Tupy, indústria sediada em Joinville e que foi apoiadora desta edição, juntamente com a Associação Brasileira de Internet Industrial (ABII). “Mesmo sem avançar para a próxima etapa, ficamos muito satisfeitos e orgulhosos com o que presenciamos ao longo desta semana. Nossos alunos desenvolveram soluções que são aplicáveis em qualquer indústria e demonstraram que sabem trabalhar em equipe e que são empenhados na busca pela solução dos problemas. A maior vitória que conquistamos foi ver esses jovens trabalhando juntos”, explica a supervisora de cursos técnicos e aprendizagem industrial do SENAI de Criciúma, Graziela Martins Feliciano da Silva.

As quatro equipes que representam a regional Sul passaram os três primeiros dias analisando e buscando soluções para o problema proposto pela empresa. Na quinta-feira, produziram um protótipo e um vídeo em que defenderam sua proposta. O resultado final foi anunciado na noite da última sexta-feira, dia 3.

Após a divulgação do resultado, as equipes apresentaram seus projetos aos professores do SENAI e também aos representantes das empresas Librelato, Plaszom, GDM, Copaza e Minamel.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.