Com recursos do Estado, obras na Serra da Rocinha irão reiniciar

R$ 15 milhões começarão ser aplicados nas detonações de rochas

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

A paralização das obras na BR-285, no trecho catarinense, em Timbé do Sul, por falta de recursos do Governo Federal, tem causado indignação nas lideranças políticas, empresariais e comunitárias da região.

Contudo, a revolta tem resultado em empenho e dedicação destas mesmas lideranças no sentido de resolver o problema que emperra o desenvolvimento do Sul catarinense e dos Campos de Cima da Serra.

- PUBLICIDADE -

“Recebemos ontem a informação de que os recursos do governo do Estado entraram no circuito. O destino inicial dos primeiros milhões de reais será a detonação de rochas que permita justamente a pavimentação dos últimos 800 metros.”, coloca o prefeito Betinho Biava.

Ainda de acordo com o chefe do Poder Executivo timbeense, embora com atraso, o que fez a obra parar, os valores vindos do Governo Federal, também estão à caminho.

“Com a atenção especial do Senador Esperidião Amin, temos quase na mão os R$ 11 milhões para o orçamento de 2022. Mas acredito que os R$ 15 milhões, que era o recurso inicial, ainda deva vir para darmos prosseguimento à essa pavimentação que irá impulsionar a economia de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul.”, finaliza Biava.

Com informações do Jornal do Sul

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.