Certrel reúne Conselho Educativo e Diretoria para novas deliberações

Em pauta também estava a construção de um novo alimentador para fornecer melhor qualidade de energia as empresas

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

Após reuniões virtuais ou até com metade dos participantes, a Cooperativa de Energia Treviso, Certrel, reuniu presencialmente seguindo os protocolos da Covid-19 todos os membros do Conselho Educativo e Diretoria durante esta semana (24, 25 e 26/08). Com o objetivo de fazer pontuais deliberações e acolher solicitações, o encontro foi positivo.

“Os encontros com os conselheiros e a diretoria é de suma importância. São momentos em que podemos discutir e buscar o melhor para o nosso associado”, destaca o gerente administrativo, Marcos Cesconetto.

- PUBLICIDADE -

Entre as pautas, a ampliação dos atendimentos sociais prestados gratuitamente aos associados da cooperativa a suas subsedes, como nutricionista, advogado, psicóloga e dentista, recebeu atenção. Este fato deverá acontecer já no próximo ano.

A elaboração do pleito tarifário junto a Agência Nacional de Energia Elétrica, Aneel, no sentido de poupar o associado de aumentos futuros, também foi destaque. Na reunião foi colocado sobre o avanço de uma tratativa com a Celesc para a construção de um novo alimentador, assim viabilizando o aumento de carga própria e a vinda de novas indústrias ao município, bem como a qualidade dos atuais alimentadores.

O presidente da Certrel, Volnei Piacentini, que estava presente na reunião, ressalta o quão este ato se torna importante. “Muitas empresas têm nos procurado, e demonstram o interesse de instalação no nosso município por conta da nossa energia. É válido ressaltar que a nossa tarifa é uma das melhores do Estado quando falamos em alta tensão”.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.