Cânions do Sul passa por avaliação da Unesco por reconhecimento mundial

Caso receba o reconhecimento, o Geoparque Cânions do Sul passa a fazer parte da Rede Global de Geoparques


- PUBLICIDADE -

O território dos Cânions do Sul está a um passo de ser reconhecido como Geoparque Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Os sete municípios que integram a região dos cânions receberão em breve a visita de profissionais responsáveis pela avaliação que vai definir sobre a chancela da agência. A novidade foi anunciada pelo prefeito de Torres e presidente do Consórcio Intermunicipal Caminhos dos Cânions do Sul, Carlos Souza.

O presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur), Renê Meneses, destacou o trabalho conjunto realizado entre os municípios e também o Governo de Santa Catarina. Recentemente, o Estado realizou melhorias na infraestrutura turística, ações preponderantes para uma possível chancela da Organização. Os investimentos na sinalização turística e na pavimentação da Serra do Faxinal irão proporcionar maior segurança e conforto no acesso ao Geoparque.

- PUBLICIDADE -

“Estamos há muito tempo trabalhando em conjunto com os municípios catarinenses e, de uma forma indireta, com os municípios gaúchos que também integram a região. Esse local é de uma beleza rara, que precisa ser preservado e aproveitado de forma sustentável ao máximo pela humanidade. Ter a chancela de Geoparque da Unesco significa que estamos no caminho certo para a preservação e um turismo que respeita o meio ambiente – disse o presidente da Santur.

 Foto: Felipe Carneiro/Especial/Santur

“Os avaliadores estarão percorrendo todos os sete municípios do Geoparque para observar in loco o nosso trabalho como Geoparque. O objetivo é verificar se estamos de fato atuando de acordo com as diretrizes do Programa de Geoparques da Unesco que envolve principalmente temas como: a valorização do nosso patrimônio geológico e cultural, a educação e o turismo sustentável”, destacou o presidente do Consórcio.

Conforme documento enviado pela Unesco, a missão será realizada por dois avaliadores. A equipe do Geoparque está em tratativas para definir a melhor data de acordo com a disponibilidade dos profissionais. O resultado sobre a chancela sairá no próximo ano. Caso receba o reconhecimento, o Geoparque Cânions do Sul passa a fazer parte da Rede Global de Geoparques, o que representa principalmente novas oportunidades de divulgação do território e valorização do turismo sustentável na região, entre outros benefícios.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.