Atendimentos médicos nas Clínicas Integradas da Unesc promovem cidadania

Consultas foram retomadas em regime especial conforme normas de biossegurança estipuladas pela Universidade

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Há quatro anos a aposentada Ilma Rosa de Oliveira encontrou na Unesc uma grande ajuda. Moradora de Forquilhinha, a senhora foi até as Clínicas Integradas da Universidade com a filha para saber mais informações sobre os atendimentos em saúde dos quais havia ouvido falar e, desde então, vem sendo acompanhada em diferentes especialidades. Assim como ela, centenas de pessoas recebem atendimento no local e compartilham, na prática, do sentido comunitário da Universidade.

O ritmo dos atendimentos precisou ser reduzido em razão das medidas de prevenção ao Coronavírus, no entanto a comunidade segue contando com as consultas em 18 especialidades. Nesta semana novas agendas foram retomadas para alegria de dona Ilma e tantos outros pacientes que encontram no campus doses de cidadania.

- PUBLICIDADE -

A expectativa, conforme o coordenador do Serviço de Medicina, professor médico Dario Henrique Garcia, é de que em 2021, em razão da pandemia, o número de atendimentos seja de pouco mais de cinco mil consultas, montante que representa aproximadamente 50% do total de anos anteriores. A necessidade de redução, de acordo com Dario, se dá pelo cumprimento de todas as normas de biossegurança no campus com foco na proteção de todos os envolvidos. “Estamos intercalando as consultas com tempo maior entre uma e outra para que não haja aglomeração na espera e nos consultórios. Além disso, o espaço é todo sinalizado e higienizado. Os professores e acadêmicos utilizam todos os equipamentos de segurança, assim como há a exigência de que os pacientes estejam sempre de máscara e respeitem também as sinalizações”, pontua.

Mesmo em regime reduzido, o sentimento é de alegria ao retomar a agenda de consultas realizadas com acadêmicos sob supervisão de professores. “Antes da Covid vínhamos em ritmo crescente de atendimento e, para nós, isso significa que a comunidade está conhecendo e aprovando cada vez mais o serviço. Em 2019 tivemos mais de dez mil atendimentos em 23 especialidades, número que precisou ser reduzido para pouco mais de 5.400 em 2020, mesma média que deve ser atingida neste ano. Contaremos com atendimento em 18 diferentes especialidades, algumas ainda com agendas abertas aos pacientes encaminhados”, explica.

Atendimento qualificado e humanizado

“É um atendimento muito especial”, assim resume Ilma em seu parecer acerca das consultas já feitas no Serviço de Medicina da Unesc. Nesta semana ela esteve em atendimento no setor de pneumologia, mas já passou também pela cardiologia e ortopedia.

Para a filha, Silvana de Oliveira, que a acompanha nas consultas, é um grande alívio saber que a Universidade acolhe a mãe e lhe oferece tamanha qualidade de vida. “Não é à toa que estamos consultando até hoje aqui. Quando temos atendimento em uma especialidade eles já nos acolhem, encaminham para o que acreditam ser necessário e assim vamos cuidando da saúde dela”, destaca Silvana.

Da mesma forma, a costureira Simone Ferreira e o filho Nathan, de seis anos, já são veteranos nos atendimentos. Desde 2019 mãe e filho tem encontro marcado nas consultas de pneumologia infantil.

Nathan foi diagnosticado com asma e, foi na Unesc que a família encontrou a receita certa para o que precisava. “Eu estava gastando muito, pesava demais nas nossas despesas e ele vivia atacado dos problemas respiratórios. Quando soube da oportunidade de consultar aqui eu apostei minhas fichas, trouxe ele e hoje posso dizer que é maravilhoso. Os meninos que nos atendem, mesmo alunos, são muito atenciosos e nos transmitem segurança. Ficamos muito felizes pois, além de bem recebidos, foi aqui que encontramos a solução para a saúde do Nathan”, acrescenta.

Ao contrário de Nathan e dona Ilma, o pequeno Miguel esteve nas Clínicas Integradas da Unesc pela primeira vez nesta semana. Não é por menos que o menino seja novato no atendimento, já que ele tem apenas 18 dias de vida. A mãe, Maria de Lurdes Silvestre Pinheiro, também novata nas clínicas e na função de “maternar”, dedicou a primeira consulta do bebê à responsabilidade da Unesc.

Conforme ela, foi pela dica de uma conhecida que ficou sabendo da possibilidade de consultar nas clínicas, uma grande ajuda no período de muitas novidades e custos financeiros. O choro da criança enquanto precisava ser examinada embalou e trouxe vida ao corredor dos consultórios. Quem cuidava do pequeno eram as acadêmicas da décima fase, Iara Schardosin Bayma de Menezes e Fernanda Pizzamiglio, atentas em cada detalhe do bebê.

Para Iara, é uma honra poder fazer a diferença na vida dessas famílias que chegam em busca de atendimento médico humanizado. “É isso que a gente busca fazer aqui. Temos exemplos positivos de médicos que contribuem para nossa formação aqui na Unesc. Tenho certeza que essa nova geração vai fazer a diferença na medicina, cuidando do ser humano como um todo, acolhendo e tratando da melhor maneira possível dentro das nossas possibilidades”, destaca.

Além dos exames de rotina feitos pelos próprios acadêmicos com auxílio dos professores e utilizando os equipamentos disponíveis na Clínica, os pacientes atendidos podem contar, ainda, com encaminhamentos para a realização de exames como raio-x, ultrassom e exames laboratoriais em instituições de saúde conveniadas. Dentro da própria Instituição o paciente pode fazer, quando indicado, exames de eletrocardiograma e espirometria.

Neste semestre os Serviços de Medicina englobam as especialidades de Cardiologia, Dermatologia, Endocrinologia, Gastroenterologia, Geriatria, Ginecologia, Hematologia, Nefrologia, Neurologia, Ortopedia, Pediatria, Pneumologia, Pneumologia Pediátrica, Psiquiatria e Reumatologia,

Para saber detalhes sobre cada uma das especialidades, em quais delas ainda é possível fazer agendamento, e o que é necessário para receber o atendimento na Unesc os interessados podem ligar das 8h às 12h e das 13h às 20h no telefone (48) 3431-2532 ou conversar pelo Whatsapp institucional no número (48) 9644-1887.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.