Araranguá: live da Unisul debaterá violência doméstica

A live acontecerá nesta quinta-feira, 25, a partir das 19h30

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

Acontece nesta quinta-feira (25/11), a partir das 19h30, durante a 19ª Semana Justiça Pela Paz em Casa, a transmissão de uma live com o tema “Violência Doméstica e a Lei Maria da Penha”, no canal do Youtube da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul). Organizada pela 1ª Vara Criminal da comarca de Araranguá, em parceria com a Unisul, a live abordará temas relevantes sobre a violência doméstica e familiar como histórico da violência de gênero, o primeiro contato da mulher vítima de violência na delegacia de polícia, além de questões relativas às medidas protetivas de urgência e ao projeto “OAB Por Elas”.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

A moderadora da temática será a juíza Thania Mara Luz, titular da 1ª Vara Criminal da comarca de Araranguá, a qual debaterá o tema com a policial civil membro da Delegacia de Polícia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI), Márcia Cristiane Nunes Scardueli, com a advogada membro do Projeto OAB Por Elas, Ligia Luchtemberg Mota Tobias, com o advogado e professor da Unisul, Renan Cioff de Sant’Ana e com o promotor de justiça titular da 4ª Promotoria de Justiça da comarca de Araranguá, Gabriel Ricardo Zanon Meyer.

Ao final da palestra, será oportunizada a elaboração de perguntas aos palestrantes pelos ouvintes, por meio do bate-papo do canal de transmissão. Aos alunos de Direito participantes do evento, serão emitidos certificados de horas, para os devidos fins, os quais serão disponibilizados, mediante requerimento, após a realização da live.

Para acompanhar o evento virtual, basta acessar o link https://www.youtube.com/watch?v=HJ_yUu3uXOs.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.