Antiga área de lixão em Lages será readequada após estudo

Centro de Pesquisas e Estudos Ambientais da Unesc foi o responsável pelo trabalho realizado ao longo de seis meses

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

O município de Lages tem em mãos um estudo completo que norteará as ações ambientais referentes a uma antiga área de lixão na cidade. Os levantamentos foram entregues na última semana pelos técnicos do Centro de Pesquisas e Estudos Ambientais (CPEA) sob demanda e contrato com a Secretaria Municipal de Águas e Saneamento (Semasa).

Ao longo de seis meses de trabalho realizado por treze pessoas, divididas entre responsáveis técnicos e equipe técnica, foram avaliados diferentes compartimentos ambientais como águas superficial e subterrânea, solo, geração de gás metano, cobertura vegetal, avaliação geotécnica, entre outros aspectos.

- PUBLICIDADE -

O trabalho faz parte das soluções que o Parque Científico e Tecnológico (Iparque) tem a disposição para colaborar com o trabalho dos municípios e será utilizado para avaliar a situação atual e guiar as medidas adotadas pelo município a partir do dossiê completo.

O responsável pela coordenação do estudo e apresentação à Secretaria foi o geólogo Gustavo Simão, acompanhado do engenheiro civil Tiago Urbano e do engenheiro ambiental Sérgio Luciano Galatto.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.