AMREC estuda a abertura de leitos na UTI para pacientes com Covid-19

O Hospital de retaguarda do Rio Maina e o hospital São Marcos de Nova Veneza, vão receber os novos leitos neste primeiro momento, mas já se estuda outros hospitais

Foto: Divulgação/ Antonio Rozeng
- PUBLICIDADE -

A possibilidade da abertura de novos leitos de UTI nos hospitais da região foi o tema do encontro realizado hoje pela manhã (22/02) no gabinete do prefeito de Criciúma. Na reunião foi realizada uma avaliação da atual situação com relação a pandemia. O Estado vem sofrendo um novo aumento dos números de casos, e a região da AMREC, que está em situação grave (amarelo) na divulgação da última matriz de risco divulgado no último sábado (20/02), deve passar a gravíssima (vermelho) já no próximo boletim.

Durante o encontro foi levantado a possibilidade de novos leitos de UTI’s, que podem ser instalados no Hospital de retaguarda do Rio Maina e no hospital São Marcos de Nova Veneza, neste primeiro momento. Mas já se estuda outros hospitais, como é o caso do Hospital Santa Otília, de Orleans, o Hospital Nossa Senhora da Conceição, de Urussanga, o Hospital São Roque, de Morro da Fumaça, e o Hospital São Donato, de Içara.

- PUBLICIDADE -

O diretor técnico do Hospital São José, Rafael Elias Farias, esteve na reunião de hoje de manhã e informou que a região recebeu nove pacientes de outras regiões. Segundo o diretor, a região deve alcançar a lotação de leitos de UTI, ainda hoje. As dificuldades enfrentadas na região oeste também foram levantadas, como a falta de equipamentos e de profissionais, além de profissionais exaustos com a atual situação.

Amanhã pela manhã, às 9h, a CIR-Carbonífera realizará uma reunião de emergência, onde participam os prefeitos, junto ao Superintendente de Serviços Especializados e Regulação da Secretaria de Estado da Saúde, Ramon Tártari, para debater o avanço da pandemia de COVID e a taxa de ocupação de leitos de UTI na região. Ramon fará uma vistoria técnica nos hospitais da região para verificar a possibilidade de implantação de novos leitos de UTI Covid.

Participaram do encontro hoje pela manhã o presidente da AMREC e prefeito de Orleans, Jorge Koch; o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro; Coordenadora da Coordenadoria Macrorregional Sul de Saúde, Izabel Scarabelot Medeiros; o presidente da Comissão Intergestores Regional (CIR-Carbonífera) e secretário de saúde do município de Orleans, Murilo Debiasi Ferrareis; do secretário de Saúde de Criciúma, Acélio Casagrande; o Coordenador da Vigilância em Saúde de Criciúma, Samuel Bucco; e a responsável da Central de regulação de leitos hospitalares da Macrorregional Sul, Priscila Claumann; além da secretaria da CIR-Carbonifera, Margarete Passeto.

Via AMREC

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.