Ação surpresa na barra do Rio Araranguá resulta em multas de R$ 5 mil

A balbúrdia e as ações irresponsáveis de centenas de pessoas começaram a ser coibidas neste domingo, dia 5

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

Em uma operação surpresa conjunta entre a Fama, Polícia Ambiental e a Polícia Militar, neste domingo, 5, foi realizada uma ação de fiscalização na Barra do Rio Araranguá e Ilhas. A região vem sendo alvo de vários atos de infração cometidos por seus frequentadores, com isso, a intervenção foi com o objetivo de coibir ações ilegais dos frequentadores do local. Na operação foram realizadas 23 autuações com “multas”, devido aos crimes ambientais na orla. Os valores das multas foram de R$ 5 mil para cada infrator.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

Além das multas, os infratores apesar de não terem tido seus veículos apreendidos, sofreram outras penalidades. Como são fiéis depositários dos seus veículos, mesmo após a quitação do valor da multa, não poderão vender seus veículos até que um juiz julgue o ato de infração cometido de crime ambiental. Podendo inclusive, destinar o veículo para alguma entidade como compensação pelo crime cometido.

A ação foi realizada devido às inúmeras denúncias de moradores que relataram o incomodo que passavam nos finais de semana, além do som alto e da perturbação do sossego da população, os frequentadores acampam nas dunas fazendo fogueiras e deixando para trás, grandes quantidades de lixos agredindo o meio ambiente frágil daquele santuário.

As agressões e poluição continuam com os veículos traçados, cortando às dunas, outros veículos invadem a faixa de areia, que é permitido apenas aos banhistas, realizando provas arriscadas como: cavalo de pau, colocando em risco a vida dos banhistas, principalmente as crianças. Conforme os moradores e ambientalistas da região, essas imprudências acontecem constantemente.

Fizeram parte da operação quatro policiais da Polícia Militar Ambiental, com duas viaturas, dois policiais militares, um casal com uma viatura, além de representantes da Fundação Ambiental – FAMA.

Ações integradas como essa de fiscalização das três instituições, serão realizadas com mais frequência durante este verão.

Saiba mais sobre as badernas aqui.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.