Acabou a espera: Ponte de Laguna será iluminada na próxima segunda-feira

Evento marca o início da programação do Bicentenário de Anita Garibaldi

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Cartão-postal erguido sobre as águas do Canal de Laranjeiras, a Ponte Anita Garibaldi é um orgulho para a cidade de Laguna, assim como a filha ilustre que empresta o nome à estrutura inaugurada em 2015. Por isso, o Instituto Cultural Anita Garibaldi (CulturAnita) e a CCR ViaCosteira, concessionária que administra os 220 km do trecho sul da BR-101-SC, estão preparando um ato que vai marcar a abertura das comemorações do bicentenário da heroína e também a reinauguração da iluminação cênica da ponte.

O ato vai acontecer na próxima segunda-feira, 8 de março, e será transmitido pela internet através do canal no YouTube do CulturAnita (https://youtu.be/-pWGW0AWA6Y). Devido às medidas contra a disseminação da Covid-19, não haverá público presente no local.

- PUBLICIDADE -

Mas será possível acompanhar a transmissão das apresentações musicais das Guardiãs de Anita e do cantor lagunense João Rodrigues Junior (Joãozinho). “Estamos preparando uma apresentação que mostre a grandeza da nossa heroína e que também fique guardada na memória de quem assistir”, explica o diretor do CulturAnita, Adílcio Cadorin. “Os ensaios já estão acontecendo para que tudo ocorra com a qualidade que sempre prezamos”, frisa a diretora das Guardiãs, Ivete Scopel.

“Participar da comemoração do bicentenário de Anita Garibaldi cria para a concessionária um laço muito importante com a história e com os valores da região. Ao mesmo tempo que a inauguração do novo sistema de iluminação marca esse novo ciclo de investimentos, que já trouxe mais segurança e serviços para quem utiliza a rodovia”, diz Fausto Camilotti, presidente da CCR ViaCosteira.

Com duração prevista de uma hora, a apresentação terá apoio do Museu Ferroviário de Tubarão e da Ferrovia Tereza Cristina (FTC), que cederam uma locomotiva histórica para uso no ato. “Ficamos lisonjeados pela oportunidade de participar desta importante solenidade. Celebrar o bicentenário de Anita é resgatar a nossa história, valorizando o papel de todas as mulheres, em nossa sociedade. Que pelos trilhos da Tereza Cristina possamos proporcionar uma justa homenagem à essa heroína”, declara Abel Passagnolo Sérgio, gerente de Transportes da FTC.

Iluminação ficará acesa

A partir do dia 8 de março, a CCR ViaCosteira vai manter a estrutura estaiada da ponte acesa permanentemente. Os testes da nova iluminação ocorreram entre janeiro e fevereiro.

O novo sistema de iluminação instalado pela concessionária CCR tem 76 projetores, gerenciados por um software que define cores e ritmos das luzes que incidem sobre os 60 estais (cabos que sustentam os 400 metros do vão central da estrutura) e sobre as duas torres de mais de 50 metros de altura onde os cabos estão ancorados.

A iluminação dará visibilidade noturna à estrutura estaiada que, durante o dia, é emoldurada por um dos mais belos trechos do litoral brasileiro. A ponte, inaugurada em 2015, já é um marco da região, admirada tanto por turistas como por moradores locais.

Além da iluminação cênica, 186 postes com lâmpadas de LED foram instalados pela concessionária ao longo dos 2.800 metros da estrutura da ponte, oferecendo mais segurança para quem trafega à noite.

A energia elétrica consumida no trecho, inclusive na iluminação cênica da ponte, será paga pela concessionária. Dos 220 km administrados pela ViaCosteira, 168,6 km terão iluminação.

Ao longo dos 30 anos de concessão, a empresa irá investir R$ 7,4 bilhões, gerando cerca de 4 mil empregos diretos e indiretos.

Bicentenário de Anita une quatro países

Simbolizado através do híbrido de uma rosa criada na Itália, o projeto visa unir quatro países para comemorar e homenagear a memória e os feitos da catarinense Ana Maria de Jesus Ribeiro (Anita Garibaldi).

Nascida em agosto de 1821, ela foi uma jovem à frente de seu tempo que bravamente lutou pelos ideais republicanos ao lado de seu marido, Giuseppe Garibaldi, destacando sua coragem nas diversas batalhas em que participou em defesa dos ideais republicanos, no Brasil, Uruguai e Itália. Esses feitos a tornaram a heroína dos dois mundos.

“Entre seus objetivos, além de preservar e difundir a memória e a história, o projeto também pretende promover o turismo internacional, de caráter histórico, cívico e cultural em todas as cidades dos quatro países que aderirem ao projeto, compondo um roteiro internacional para realização de diversos atos que deverão acontecer, sempre em comemoração ao bicentenário”, explica o presidente do CulturAnita, Leo Felipe Nunes.

O Bicentenário de Anita Garibaldi tem coordenação do Museu e Biblioteca Renzi, na Europa, e do Instituto CulturAnita, para a América do Sul. O projeto conta com apoio de cidades catarinenses, gaúchas, italianas, uruguaias e san-marinenses.

História: As quatro pontes de Laranjeiras

A primeira ligação entre Cabeçuda e Laranjeiras foi o viaduto da estrada de ferro construído entre 1880 e 1884, ano de sua inauguração. Alvo de polêmica entre a companhia ferroviária e a classe comercial da época, a obra só foi liberada depois de a então Donna Thereza Christina Railway concordar com a colocação de um vão móvel que permitisse a passagem de embarcações.

Com o tempo, o viaduto se tornou obsoleto e motivou uma nova construção. A ferrovia deu nos anos 1930 às obras da Ponte Ferroviária Henrique Lage, concluídas em 1934. A estrutura foi ampliada quase três décadas depois para que pudesse receber também o tráfego rodoviário, com a construção da BR-59 (hoje BR-101). O nome da estrutura homenageia o industrial carioca, considerado um dos principais idealizadores do Porto de Imbituba e fundador da primeira fábrica de aviões do Brasil.

As obras de duplicação da BR-101, iniciadas na década de 1990 e concluídas há alguns anos, motivaram a criação de uma nova ponte – a quarta em Cabeçuda. Com engenharia moderna e suspensa por estais, o projeto da Anita Garibaldi começou a ser traçado em 2007, mas só em 2012 é que começou a sair do papel. Inaugurada em 2015, ela tem 2,8 quilômetros de extensão e homenageia a heroína dos dois mundos. A ponte é administrada pela CCR ViaCosteira.

Sobre o Instituto CulturAnita e as Guardiãs de Anita

Há quase 22 anos, o CulturAnita promove a preservação, divulgação e promoção do patrimônio cultural, material, imaterial, histórico, turístico e moral da epopeia da lagunense Ana Maria de Jesus Ribeiro (Anita Garibaldi) e de sua terra natal.

Junto ao instituto, o Departamento das Guardiãs de Anita foi criado para dar realce às atividades do CulturAnita, permitindo mais vivacidade, visibilidade, sensibilidade e brilhantismo em todos os eventos que produz. Este grupo é composto por mulheres que têm vontade para preservar a epopeia da heroína.

Através do instituto, cresceu o conhecimento e a disposição de persistir para perpetuar a saga garibaldina e, principalmente, tutelar e proteger este legado reconhecido por diversos países da América e da Europa.

Sobre a CCR ViaCosteira

A CCR ViaCosteira é responsável pela administração de 220,4 quilômetros da BR 101, no Sul do estado de Santa Catarina, região de grande importância agroindustrial e turística por contar com algumas das mais belas praias do Brasil. A concessão passa por 19 municípios, entre Palhoça e Passo de Torres, na divisa com o Rio Grande do Sul. A ViaCosteira responde, ainda, pela operação da Ponte Anita Garibaldi, em Laguna, e pelos Túneis Morro do Agudo, em Paulo Lopes, e Morro do Formigão, em Tubarão.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.