200 mil vagas de trabalho estão abertas para o Censo 2022 em todo o país

Inscrições para ser um recenseador ou agente censitário vão até 29 de dezembro


- PUBLICIDADE -

O IBGE abriu as inscrições do processo seletivo para contratar 183.021 recenseadores que vão trabalhar na coleta de informações do Censo Demográfico 2022. As vagas são de nível fundamental e distribuídas entre 5.297 municípios do país. As inscrições vão até 29 de dezembro e o candidato deverá escolher a área de trabalho e em qual cidade realizará a prova.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

A taxa para participar da seleção é de R$ 57,50 e pode ser paga até 25 de janeiro. Já a prova será aplicada na manhã do dia 27 de março de 2022. A previsão é que os aprovados trabalhem por até três meses na coleta domiciliar. Para Santa Catarina, são 6.761 vagas em aberto.

Além das vagas para recenseadores, também estão abertas 18.420 vagas para agente censitário supervisor (ACS) e 5.450 para agente censitário municipal (ACM), ambas de nível médio. A taxa de inscrição para estas duas categorias é de R$ 60,50 e as datas de pagamento e da prova são as mesmas. Santa Catarina terá 902 agentes no total.

As inscrições podem ser feitas pelo site da Fundação Getúlio Vargas (FGV): www.conhecimento.fgv.br

A remuneração será feita por produtividade, por isso o IBGE criou um simulador on-line, que calcula quanto o profissional vai receber de acordo com a quantidade de residências visitadas e pessoas recenseadas, considerando ainda a taxa de remuneração de cada setor censitário, o tipo de questionário preenchido (básico ou amostra) e o registro no controle da coleta de dados. A jornada de trabalho recomendável para os recenseadores é de, no mínimo, 25 horas semanais.

Além dos procedimentos de segurança para a visita presencial, como uso de máscara, álcool e distanciamento mínimo, o morador terá a opção de responder ao recenseador presencialmente, por telefone ou ainda preencher o questionário pela internet. Cerca de 213 milhões de habitantes, em mais de 70 milhões de domicílios, serão visitados pelos recenseadores nos 5.570 municípios do país.

*Via Rede Catarinense de Notícias

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.