Uma nova esperança para a torcida carvoeira

Com elenco, comissão técnica e diretoria de futebol remontados, após o vexame no Catarinense, Criciúma inicia, neste sábado, a disputa da Série C em busca do sonhado acesso para a Segunda Divisão

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

A retomada do Tigre, na temporada 2021, enche de esperança a torcida carvoeira. Neste sábado, a partir das 17 horas, a equipe entra em campo, no Majestoso, contra o Ituano, pela primeira rodada da Série C. Após mais de 30 dias, desde a derrota para o Avaí e o fatídico rebaixamento no Catarinense, o Tricolor Carvoeiro voltará a campo totalmente modificado. Com um elenco reformulado por 13 reforços confirmados – e mais alguns que estão para chegar – o clube buscará o tão sonhado acesso para a Segunda Divisão.

A missão contará com um velho conhecido da torcida no comando: Paulo Baier. Após fazer uma boa campanha com o Próspera, no Estadual, o ídolo carvoeiro tem a missão de comandar o time rumo, inicialmente, à classificação entre os quatro primeiros. A mudança se estendeu também à preparação física. O retorno de William Hauptman, com a adição de Rafael Andrade, busca dar mais “pernas” ao time carvoeiro.

Na gestão do futebol, Juliano Camargo. Ele chega ao Criciúma referendado por boas campanhas com o Sampaio Corrêa. Na temporada passada, o time maranhense ficou a quatro pontos do acesso para a Primeira Divisão. O executivo considera que a disputa da Série C será bastante complicada. “As equipes paulistas sempre são fortes. Nosso grupo é muito difícil, todos têm condições de estar entre os quatro primeiros”, ressalta Camargo, em entrevista coletiva, na manhã de quinta-feira, durante um café com a imprensa no Centro de Treinamento Antenor Angeloni.

O próprio diretor de futebol já elegeu o adversário mais complicado da primeira fase. “Eu vejo o Novorizontino como um dos principais adversários. É o que menos vai mudar, só trocou três peças”, pontua.

CAMPEONATO BRASILEIRO – SÉRIE C – 1ª Rodada

29/05 (sábado) – 17 horas – estádio Heriberto Hülse, em Criciúma

CRICIÚMA

Gustavo; Claudinho, Rodrigo, Marcel Scalese e Helder; Arilson, Dudu Vieira e Dudu Figueiredo; PH, Luiz Paulo e Fellipe Mateus. Técnico: Paulo Baier

ITUANO

Pegorari; Pacheco, Mateus Silva, Matheus Mancini (Léo Santos) e Mário Sérgio; Fillipe Souto, Bruno Lima e Branquinho; Kadu Barone, Victor Rangel e Fernandinho. Técnico: Vinícius Bergantin

Arbitragem: Rodrigo José Pereira de Lima; Auxiliares: Ricardo Bezerra Chianca e Karla Renata Cavalcanti de Santana (trio de PE)

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.