Uma final de campeonato para o Criciúma

Diante do Mirassol, neste sábado, a partir das 17 horas, Tigre precisa de uma vitória simples para se classificar à próxima fase da competição


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Apenas 1 a 0. Esse é o placar necessário para que o Criciúma siga adiante na Série C do Brasileiro. Uma vitória simples diante do Mirassol, no sábado, às 17 horas, coloca o Criciúma na próxima fase da competição com uma rodada de antecedência. Com quatro pontos de vantagem sobre o Figueirense, o Tricolor Carvoeiro não poderia ser alcançado na última rodada. “A gente precisa ganhar. Basicamente. 1 a 0 basta para a gente. Claro que precisamos de uma equipe organizada, competitiva. Vai ser um jogo difícil e temos que ter a cara do Criciúma: uma equipe aguerrida”, destaca o auxiliar-técnico, Luciano Almeida, ainda após a derrota de quarta-feira para o Hercílio Luz, por 2 a 0, na estreia pela Copa Santa Catarina.

Almeida acredita que o time estará bem preparado e terá condições de garantir os três pontos. “Eu tenho certeza que, com o tempo que teremos, até sábado, a gente pode preparar bem a equipe e fazermos o nosso papel que é vencer. A única coisa que nos resta na Série C. Vencendo, a gente classifica e dá tranquilidade para a sequência”, destaca o auxiliar.

A sequência do Criciúma não é favorável: são três derrotas e um empate, nas últimas quatro partidas. A pior fase desde a chegada do técnico Paulo Baier, em maio. Essa situação não serve de lição, segundo Almeida, mas deixa o sinal de alerta ligado. “Precisamos vencer o jogo de sábado, mas com equilíbrio, tranquilidade. Não adianta querer fazermos coisas que, até o momento, não fizemos”, diz.

Campeonato Brasileiro – Série C – 17ª Rodada

Sábado (18/09) – 17 horas – estádio Heriberto Hülse, em Criciúma

CRICIÚMA

Gustavo; Alemão, Rodrigo, Marcel Scalese e Helder; Dudu Vieira, Arilson e Fellipe Mateus; Maranhão (Minho), Henan e Silvinho. Técnico: Paulo Baier

MIRASSOL

Edson Mardden; Jeferson, Luizão, Diego Landis e Foguinho; Daniel, Souza, Luiz Fernando e Neto Moura; Mateus Anderson e Giovani. Técnico: Eduardo Baptista

Arbitragem: Lucas Paulo Torezin; Auxiliares: Andre Luiz Severo e Heitor Alex Eurich (trio do PR)

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.