Um dia histórico para o Próspera

Após 14 anos longe da elite do futebol catarinense, Time da Raça pega o Joinville, hoje, às 16 horas no estádio Domingos Gonzales, em Tubarão

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

No dia 21 de abril de 2007, o Próspera empatou em 2 a 2 com o Brusque, no estádio Mário Balsini. Até às 16h de hoje, este é o registro mais recente de uma partida do Time da Raça na Série A do Catarinense. De lá para cá, o time disputou as Séries B e C do Estadual e, em alguns anos, até o Municipal de Criciúma – no futebol amador. Após um período licenciado, o Próspera voltou às atividades profissionais e, em 2018, retomou o protagonismo ao vencer a Série C de Santa Catarina. O título de campeão da Segunda Divisão, no ano passado, deu o direito ao clube de disputar a elite do futebol estadual.

O dia 25 de fevereiro de 2021 ficará marcado na história do clube. Após 14 anos, o Time da Raça disputará uma partida pela Série A do Catarinense. O palco será o Estádio Domingos Gonzales, em Tubarão. Isso porque o Criciúma jogou ontem, no Majestoso – local onde o Próspera mandará os jogos do Catarinense – e o gramado será preservado

Já o adversário é o Joinville. O horário? Às 16 horas. O nervosismo, claro, toma conta de todos. “A expectativa é boa, conseguimos fazer os nossos amistosos, conseguimos fazer a nossa pré-temporada boa e tá todo mundo pronto, todo mundo aí já preparado para fazer um grande jogo”, destaca o técnico do Próspera, Paulo Baier.

Com dois títulos, o da Copa Santa Catarina e da Recopa Catarinense, o Joinville será um adversário difícil, segundo Baier. “Sabemos da dificuldade, pois o Joinville vem em ascensão, ganhou dois títulos e a gente tem que ter respeito, mas se impor dentro de campo para buscar nosso objetivo”, pontua o comandante prosperano. Nesta temporada, o Próspera manteve cerca de 70% dos atletas que conquistaram o acesso e o título da Série B do Catarinense, ano passado, e trouxe 13 reforços para o elenco deste ano.

Técnico faz mistério e time não está confirmado

Ontem pela manhã, o técnico Paulo Baier comandou o último treino antes da partida.  O comandante prosperano realizou um trabalho tático com os atletas seguido de um rachão e não confirmou a equipe que começa o confronto de hoje. “Não sei ainda. Tenho dúvidas, só uma hora antes que a gente vai definir em relação quem vai iniciar jogando”, diz.

Um ponto é certo: o goleiro Roberto não estará em campo. Ele teve uma lesão muscular e ainda está em fase final de recuperação. “Roberto está recém voltando, ainda consta uma lesão e está fora”, confirma Baier.

O esquema tático, com dois ou três atacantes, ainda será definido. Sequer os novos contratados como os atacantes Hugo Ragelli e Maicon Santana, o meia Leomir e os volantes Lucas Bessa e Roger têm presença confirmada no confronto. “Vamos ver o que vai se definir para termos a melhor opção. São todos importantes e da minha confiança. Vamos ver a melhor opção”, despista Baier.

A expectativa é garantir a vitória para começar bem a competição. “Espero que a gente consiga, tanto fisicamente, quanto tecnicamente, render. É uma estreia, sempre tem uma ansiedade, mas o nosso foco e objetivo é somar três pontos”, finaliza Baier.

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.