- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Fotos: Celso da Luz/CEC

A fase mudou. O  Tricolor Carvoeiro não fez um grande jogo, mas venceu o Ituano por 1 a 0 na estreia pela Série C do Brasileirão, na tarde deste sábado, no estádio Heriberto Hülse. Com muitas caras novas, em relação ao time que foi rebaixado no Catarinense, o time sofreu com a falta de entrosamento e pouco criou no ataque, mas Dudu Figueiredo marcou um golaço aos 26 minutos do segundo tempo e garantiu os primeiros três pontos do Tricolor Carvoeiro na competição. A partida não teve muitas emoções e valeu pelos três pontos conquistados pelo Criciúma.

Nos primeiros cinco minutos, as equipes apostaram muito na marcação, com alguma vantagem do Tigre chegando ao ataque e tentando ameaçar o time do interior paulista. Aos nove minutos, Fellipe Mateus bateu o segundo escanteio do Criciúma no jogo, Arilson tentou a cabeçada, mas errou. O Tigre aumentava a velocidade e contava com a marcação avançada dos volantes para pressionar o Ituano.

O jogo seguia muito disputado por ambas as equipes e com disputa de bola forte. O Criciúma era lento na recomposição, mas tentava sair para o ataque, principalmente com Dudu Vieira e Dudu Figueiredo. Arilson também era um destaque do Criciúma. Porém, até os 20 minutos, os goleiros pouco trabalharam. Aos 21 minutos, Claudinho desceu pelo lado direito e cruzou na cabeça do centroavante Luiz Paulo, que acabou colocando pela linha de fundo. Tiro de meta.  Aos 26 minutos, Igor Henrique finalizou do bico da grande área, mas a bola saiu pela linha de fundo. No minuto seguinte, Claudinho fez boa jogada pela direita, mas esticou muito a bola e acabou ganhando escanteio. Na cobrança, a zaga afastou. Aos 29 minutos, PH recebeu a bola, tentou a jogada, mas perdeu para o adversário.

A partida seguia equilibrada e os goleiros ainda não haviam feito grandes defesas até os 30 minutos da segunda etapa. Com muitos jogadores novos, em ambas as equipes, os times sentiam a falta de maior entrosamento. Aos 34 minutos, Léo Duarte bateu forte e a bola saiu alta pela linha de fundo. No minuto seguinte, PH fez boa jogada e tocou pela Fellipe Mateus que chutou, da meia lua, com o pé esquerdo, mas a bola subiu e saiu pela linha de fundo. Aos 37 minutos, Mário Sérgio cobrou uma falta do bico da área esquerda, mas Marcel Scalese afastou. Aos 39 minutos, Dudu Figueiredo fez boa jogada com Claudinho, mas a zaga afastou na tentativa do centroavante Luiz Paulo. No final do primeiro tempo, um 0 a 0 morno que pouco empolgou.

Dudu Figueiredo marca um golaço na etapa final

No princípio da etapa final, o jogo pouco mudou. O Tigre buscava o ataque, mas com pouco sucesso, enquanto o Ituano tentava respondeu em contra-ataques. O time paulista jogava mais no campo do Criciúma e procurava pressionar mais. PH era o mais acionado pelo Tigre. Aos nove minutos, Fernandinho bateu falta, mas a bola explodiu na barreira. As melhores jogadas do Tricolor Carvoeiro eram com os laterais Claudinho e Helder.

Aos 17 minutos, PH cruzou a bola na área e o time do Criciúma reclamou de uma marcação de pênalti, mas o árbitro nada marcou, assim como o auxiliar. Na sequência, Luiz Paulo teve a chance de abrir o placar, mas a zaga do Ituano afastou. Não chegou a ser uma oportunidade clara para marcar, mas o Tigre esteve rondando o gol de Pegorari. Aos 23 minutos, Fellipe Mateus bateu uma falta, com força, mas a bola explodiu na barreira. No minuto seguinte, o mesmo camisa 11 do Criciúma tentou a finalização, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Aos 26 minutos, Gabriel Henrique recuperou a bola e tocou para Dudu Figueiredo, pela direita. O camisa 10 soltou a bomba, do bico da área, a bola desviou e ele fez um golaço, no canto direito de Pegorari: 1 a 0 para o Criciúma. Dois minutos depois, em um contra-ataque, sozinho, o mesmo Dudu Figueiredo finalizou em cima do goleiro do Ituano, após uma falha de Matheus Mancini, e perdeu a chance de ampliar. Chance claríssima desperdiçada pelo camisa 10 que poderia, inclusive, ter tocado para Gabriel Henrique. Nos últimos 15 minutos, o Tigre controlou o jogo, apesar da tentativa de empate da equipe paulista, que chegou a pressionar, e garantiu os primeiros três pontos na Série C do Brasileiro.

CAMPEONATO BRASILEIRO – SÉRIE C – 1ª Rodada

29/05 (sábado) – 17 horas – estádio Heriberto Hülse, em Criciúma

CRICIÚMA

Gustavo; Claudinho, Rodrigo, Marcel Scalese e Helder; Arilson (Jessé), Dudu Vieira e Dudu Figueiredo (Warley); PH (Gabriel Henrique), Luiz Paulo (Uilliam Barros) e Fellipe Mateus (João Carlos). Técnico: Paulo Baier

ITUANO

Pegorari; Pacheco (Kaio), Mateus Silva, Matheus Mancini e Mário Sérgio; Léo Duarte, Bruno Lima e Igor Henrique (Aluísio); Branquinho (Luizinho), Victor Rangel (Zé Vitor) e Fernandinho (Kadu). Técnico: Vinícius Bergantin

Arbitragem: Rodrigo José Pereira de Lima; Auxiliares: Ricardo Bezerra Chianca e Karla Renata Cavalcanti de Santana (trio de PE)

GOL: Dudu Figueiredo (26/2T)

Cartões Amarelos: Vinícius Bergantin (técnico), Kaio e Bruno Lima (I)

Cartão Vermelho: Bruno Lima (I)

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.