Tigre vai em busca de zagueiros

Zé Marcos, ex-Avaí, e Henrique, que está no Caxias, estão na mira da diretoria do Criciúma, que não confirma os nomes

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

De olho na disputa da Copa Santa Catarina, agendada para começar em 19 de setembro, a diretoria do Criciúma busca mais um zagueiro para reforçar o elenco do técnico Paulo Baier. O favorito é Zé Marcos, que estava no Avaí e rescindiu contrato há poucos dias. Alguns integrantes da imprensa da Capital, inclusive, já dão o negócio como certo.

Zé Marcos tem 23 anos, 1,87cm, e estava no Leão da Ilha desde 2019. Ele atuou 14 vezes com a camisa Azzurra. Foram cinco jogos na Série B de 2020. Em 2021, o jogador não teve oportunidades em campo e admite negociação com o Criciúma.

- PUBLICIDADE -

Henrique, de 25 anos, está atuando pela Série D no Caxias. Ele tem contrato com o clube gaúcho até o final deste ano e há uma multa para que ele deixe o time da Serra Gaúcha. A intenção da diretoria carvoeira é dar mais opções para Baier, que deverá usar, na Copa Santa Catarina, atletas do time Sub-20 e outros que vem atuando menos na Série C.

As dúvidas para o jogo de sexta-feira

Após a vitória de domingo, no Majestoso, diante do Oeste, o técnico do Criciúma, Paulo Baier, já projeta o desafio de sexta-feira, fora de casa, contra o Novorizontino. “Agora é ter tranqüilidade, temos um jogo, na sexta-feira, contra um adversário direto, que é o Novorizontino, com uma viagem longa: chega em São Paulo e tem mais cinco horas de ônibus. Agora é o momento de dar os parabéns, valorizar o trabalho que a gente vem fazendo e voltar amanhã. Focar no Novorizontino, treinar e estudar um esquema tático para ver como vamos nos comportar fora de casa”, comenta.

Ontem, o elenco carvoeiro se reapresentou, no Centro de Treinamento Antenor Angeloni, e já começou os preparativos ao confronto em Novo Horizonte.

Baier não garante que o sistema tático será o mesmo utilizado contra o Ypiranga, na vitória fora de casa. “Talvez, sim, talvez, não. Vamos ver. Amanhã teremos uma análise melhor dos jogadores para ver quem estará inteiro para o jogo. É ter tranqüilidade, cabeça e ambiente bons. Estamos em um ambiente ótimo e estamos todos no mesmo caminho. Isso é importante para que o Criciúma siga em frente”, finaliza.

O Tigre divide a liderança do grupo B com o Ypiranga, mas leva desvantagem no saldo de gols.

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.