Tigre pode encaminhar o acesso à Série B

Caso vença o Botafogo-PB, neste sábado, a partir das 19 horas, o Criciúma dará um passo importante, rumo à Segunda Divisão nacional. Partida é tratada como uma final de campeonato por atletas e comissão técnica


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Uma das partidas mais importantes do ano para o Criciúma. Assim está sendo tratado o confronto deste sábado, a partir das 19 horas, diante do Botafogo-PB, pela terceira rodada da segunda fase da Série C do Brasileirão. Com quatro pontos na tabela, o Tricolor Carvoeiro chegará a sete, em caso de triunfo, e encaminhará bem uma das vagas para a Segunda Divisão nacional em 2022.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

Os jogadores estão considerando o confronto como a terceira das seis decisões agendadas para a equipe nesta fase da disputa. “A gente sabia que iriam acontecer seis decisões. Estamos nos preparando desde o jogo contra o Paysandu, quando empatamos em casa. Saímos contra o Ituano e conseguimos a vitória. Agora, é mais um jogo importantíssimo, contra o Botafogo, em casa, e a gente vai para somar três pontos e tentar encaminhar a classificação. A gente sabe que será um jogo difícil, o time deles tem qualidade, mas estamos preparados”, garante o zagueiro Marcel Scalese.

O atleta assegura que o elenco está totalmente focado no confronto deste sábado. A experiência dos jogadores fará diferença na preparação até a hora do jogo. “Nosso time é bem cascudo, todo mundo já passou por essas situações de jogos decisivos, mas temos que manter o foco e a cabeça boa para que a gente consiga fazer um bom jogo. Acredito que todo mundo está focado e preparado para buscar a vitória no sábado”, destaca Scalese.

Adversário é perigoso e exige atenção  

Mesmo que ainda não tenha vencido, na segunda fase da Série C, o Botafogo-PB é considerado um time perigoso e tem todo o respeito dos jogadores do Criciúma. “Sabemos que é um time que tem consistência defensiva boa e um ataque perigoso. A gente está preparado para enfrentá-los e tenho certeza que a gente vai assimilar bem as informações passadas para efetuar bem no jogo”, diz.

O time titular do Criciúma deve ser o mesmo que superou o Ituano, fora de casa, com Claudinho e Léo Costa seguindo nos lugares de Alemão e Arilson, que devem ficar como opções no banco de reservas. A definição acontecerá apenas após o trabalho de sexta-feira, que o técnico Cláudio Tencati deve comandar no CT Antenor Angeloni.

Marcel garante que todo o time está concentrado para assimilar as orientações do novo treinador. “Ele vem passando a metodologia de trabalho dele. A gente vinha efetuando bem a parte defensiva e a ofensiva também. Estamos continuando o trabalho, focados, para seguir acertando os detalhes”, pontua.

O atleta adverte que as decisões não permitem vacilos. “Não podemos ter erros. Vamos escutar o que ele (Tencati) tem para passar para a gente. Ele tem bastante experiência e conhecimento. Vamos acertar o que for necessário”, pontua.

Marcel reforça que o confronto terá ares de um jogo de xadrez. “Todo mundo vem fechadinho, buscando os espaços e quem errar menos, ganha o jogo. Acredito que não será diferente, tanto do lado deles quanto do nosso. Acho que vai ser um jogo bem estudado, mas temos totais condições de sair com a vitória”, finaliza.

Campeonato Brasileiro – Série C – segunda fase – 3ª Rodada

Sábado (16/10) – 19 horas – estádio Heriberto Hülse, em Criciúma

CRICIÚMA

Gustavo; Claudinho, Rodrigo, Marcel Scalese e Helder; Léo Costa, Dudu Vieira, Eduardo e Fellipe Mateus; Silvinho e Henan. Técnico: Cláudio Tencati

BOTAFOGO-PB

Felipe; Sávio, Fred, Willian Machado e Tsunami; Amaral, Pablo, Tinga e Clayton; Luã Lúcio e Welton. Técnico: Gerson Gusmão

Arbitragem: Paulo Cesar Zanovelli da Silva; Auxiliares: Fernanda Nândrea Gomes Antunes e Magno Arantes Lira. (trio de MG). Árbitro de Vídeo: Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira (MG). AVAR: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Observador de VAR: Rodrigo Pereira Joia (CE).

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.