Tigre com foco total na Série C

Eliminação para o Fluminense, na Copa do Brasil, já faz parte do passado e capitão garante elenco visando apenas o acesso


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Sorocaba/SP

- PUBLICIDADE -

A derrota do Criciúma por 3 a 0 para o Fluminense já faz parte do passado. O goleiro e capitão Gustavo garante que o elenco aproveitará as melhores experiências do confronto e já está totalmente focado na partida de amanhã, às 17 horas, diante do Ituano, no interior de São Paulo. “Nós só pegamos coisas boas dessa competição (Copa do Brasil). A gente sai um pouco frustrado pelo resultado, sabíamos que dava para ir mais adiante, mas perdemos para uma grande equipe, que está bem na Libertadores e acredito que a torcida se orgulhou bastante do nosso desempenho na Copa do Brasil. Agora, já passou e nosso pensamento é todo na Série C. Estamos bem focados e sabemos que teremos um jogo bem difícil contra o Ituano. Estamos com o pensamento totalmente voltado para esse jogo”, comenta o camisa 1 do Tigre.

Gustavo reforça que o elenco carvoeiro sempre soube separar bem as duas competições e ressalta o resultado positivo para as finanças do clube. “A Copa do Brasil é um campeonato à parte em relação à Série C. Esse grupo é bastante experiente e sempre soube separar as duas competições. A Série C é uma realidade, a Copa do Brasil é outra. Conseguimos bons resultados na Copa do Brasil e arrecadar bastante dinheiro para o clube. O Criciúma está bem agora com essas conquistas que tivemos”, pontua.

A eliminação diante dos cariocas servirá de motivação para o elenco buscar o acesso para a Série B. “Pegamos apenas coisas boas desse confronto que tivemos contra o Fluminense e toda essa trajetória que tivemos na Copa do Brasil. Só mostrou que temos totais condições de continuar dando sequência na Série C, com bons jogos, e, no final, conseguir nosso objetivo maior que é a classificação para a Série B”, ressalta.

Partida deve apresentar dificuldades

Em franca recuperação na Série C, o Ituano está apenas um ponto atrás do Criciúma na tabela de classificação (17 a 16 para o Tigre), desta forma, Gustavo espera um jogo bastante complicado. “São duas equipes que estão no G-4. Sabemos que, com a vitória, nos dá uma tranquilidade maior de classificação. Não será um jogo fácil, será muito difícil, bem complicado, mas estamos prontos para conseguir essa vitória e levar os três pontos para casa”, diz.

Gustavo antecipa a forma como o time treinado por Paulo Baier deve se portar em campo. “Vamos jogar bem fechadinhos, com bastante atenção, porque sabemos que a equipe deles tem bastante qualidade, então, precisamos estar bastante atentos nesse jogo. É fazer o simples, como a gente vem fazendo, e saber dos nossos pontos fortes, explorar os pontos fracos do adversário e tenho certeza que vamos conseguir a vitória”, ressalta.

Atenção maior para sofrer menos gols

Nos últimos cinco jogos, entre Série C e Copa do Brasil, o Criciúma sofreu nove gols. Gustavo acredita que a defesa voltará a ter consistência para obter mais três pontos e continuar tranquilo no G4 do grupo B. “Teve alguns jogos que tomamos mais gols, fora de casa, porque estávamos atrás do placar e precisávamos sair para o jogo. Tinha que buscar o placar. O importante agora é entender que temos que somar pontos fora de casa, não podemos tomar gols, então o Baier já está montando a estratégia para tentarmos vencer o jogo e não levar gol, que é o mais importante, pois temos certeza que vamos criar chances para fazer o gol e sair daqui com a vitória“, diz.

O time estará bastante desfalcado para o jogo de amanhã. Rodrigo e Dudu Vieira estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Fellipe Mateus se lesionou contra o Fluminense e não joga. Arilson é dúvida, mas pode aparecer no time. Mesmo assim, Gustavo não se preocupa com as ausências, pois confia nos companheiros que estarão em campo.“ A gente não se preocupa muito com isso porque todos que entram, vem bem e eles substituem bem os que não podem jogar. Todos entram para decidir e temos um grupos muito qualificado e temos total confiança nos atletas que vão entrar”, comenta.

Em preparação para a partida, em Sorocaba, distante 40 quilômetros de Itu, local do jogo de amanhã, o capitão do Criciúma destaca que o time buscará a vitória. Um empate só será considerado bom resultado dependendo do andamento da partida. “O melhor resultado para a gente é a vitória. Estamos atrás dos três pontos. Claro que, se chegar no final do jogo, e tiver empatado, melhor não perder e levar o empate. Mas vamos brigar até o final pela vitória porque sabemos que uma vitória, diante do Ituano, dá uma projeção muito grande para nossa classificação”, finaliza.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.