Tigre: A harmonia que faz diferença

Paulo Baier elogia todos os esforços feitos pelo presidente Anselmo Freitas nas campanhas da Copa do Brasil e Série C


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

A campanha positiva do Criciúma na Série C e na Copa do Brasil é muito valorizada pelos torcedores. E o primeiro nome que é lembrado é o do técnico Paulo Baier. Os jogadores também são exaltados. Porém, o comandante carvoeiro faz questão de lembrar da presença do presidente Anselmo Freitas.

O Criciúma esteve uma semana fora da cidade em preparação para os confrontos contra Botafogo-SP e Mirassol, pela Terceira Divisão, e essa permanência longe da cidade só foi possível pelo esforço da diretoria, liderada pelo presidente. Esse é só um dos atos que fazem Baier destacar a harmonia que há entre comissão técnica e o presidente. “A gente consegue alinhar. Estamos todos juntos. Quando conversamos, é todo mundo. Essa harmonia está fazendo diferença aqui no Criciúma. Não é só a minha função como técnico ou só o Juliano (Camargo, diretor de futebol) ou só o presidente. Todos têm um pouquinho de responsabilidade por isso”, diz Baier.

O treinador faz questão de valorizar a importância de Freitas no processo de construção da campanha da equipe nas duas competições nacionais. “O presidente está sendo fundamental nessa construção. Um cara muito bacana, que não mede esforços, principalmente para nos ajudar, junto com o Juliano (Camargo, diretor de futebol), que também uma consideração muito grande”, ressalta.

A delegação carvoeira viajará hoje para Florianópolis e amanhã segue para o Rio de Janeiro – local do confronto diante do Fluminense, no sábado, às 16h30, que decidirá a classificação para as quartas de final da competição. Esse é mais um esforço da diretoria para que o time tenha a melhor condição em campo. O Criciúma pode empatar, por qualquer placar, que seguirá adiante no torneio. Em caso de derrota por um gol, a partida vai para os pênaltis.

Reunião sobre arbitragem na sede da CBF

O dia seguinte à vitória por 2 a 1 contra o Fluminense ainda foi de repercussão e novos desdobramentos sobre o pênalti marcado contra o Criciúma. Ainda indignado com a marcação do lance, o presidente do clube, Anselmo Freitas, confirmou a realização de uma reunião na CBF, amanhã, para uma exibição formal de vídeos e reclamações sobre o lance. “Nós estamos entrando com um requerimento, junto a Federação Catarinense de Futebol (FCF), que vai ser encaminhado pelo próprio presidente Rubens Angelotti, para a CBF. Na sexta-feira, eu, juntamente com o presidente Rubens, vou ter uma ida à sede da CBF para conversar com o pessoal da Comissão de Arbitragem. Vamos levar todo o material que mostra o erro, entre aspas, da arbitragem”, destaca Anselmo.

O presidente da FCF estava no Majestoso, inclusive, e presenciou o lance ao vivo. “Isso é feito via Federação Catarinense. O presidente Rubens Angelotti estava no jogo e, inclusive, viu o lance. Mandamos para ele também os vídeos, então, estamos entrando com um pedido de revisão do lance. É muito difícil que se mude o placar do jogo, mas o nosso objetivo é que não mudem o resultado dos próximos jogos do Criciúma”, diz Anselmo.

Pedido de revisão no resultado do jogo

A reunião servirá também para reivindicar a mudança no resultado do primeiro jogo e, principalmente, para solicitar uma arbitragem de melhor qualidade no jogo de sábado.“É difícil de conseguir (mudança de resultado), mas nós vamos solicitar, sim. Vamos pedir uma arbitragem, para o próximo jogo, que tenha mais atenção e usem realmente o VAR. Se tem o equipamento, porque o juiz, que está na dúvida e viu que os atletas estão reclamando, não usa? Já tem o recurso para isso”, reclama Freitas.

O presidente do Criciúma que o futuro do confronto poderia ser outro, caso o jogo terminasse em 2 a 0 para o Tigre.“Para eles fazerem dois gols, no Rio de Janeiro, com o Criciúma fechado, seria difícil deles conseguirem. Óbvio que não é impossível, o time deles é de Série A, mas dificultaria bastante. É o dobro de gols que eles precisariam”, pontua Anselmo.

O mandatário demonstra atenção com a situação.“Agora, 1 a 0 para o Fluminense já vai para os pênaltis. Então, é complicado. Estamos atentos e estamos contando com a ajuda do presidente da Federação Catarinense. Prontamente, o presidente Rubinho conseguiu essa reunião no Rio de Janeiro. Então, na sexta-feira estaremos lá”, finaliza.

Arilson pode ser desfalque

Substituído ainda no primeiro tempo, no confronto de terça, o volante Arilson deve desfalcar o Criciúma no jogo de sábado. Dudu Figueiredo e Jessé são os favoritos a ficarem com a vaga. “O Arilson está com problema e temos que observar. Ele está sentindo em todos os jogos. Temos que dar uma cuidada nesse menino, que tem um grande futuro, é um excelente jogador, mas a gente vai analisar melhor mais para frente”, finaliza o técnico Paulo Baier.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.