Próspera trabalha forte as Categorias de Base

Com a apresentação de Jacson Almeida, técnico do time Sub-20, Time da Raça se reestrutura para retomar a revelação de atletas

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Após a paralisação das categorias de base, em função da pandemia do novo coronavírus, no ano passado, o Próspera vai, aos poucos, retomando as atividades da categoria Sub-20. Jacson Almeida está de volta ao clube. O novo técnico do time Júnior já está trabalhando no estádio Mário Balsini. “Primeiramente, quero agradecer ao presidente Israel e toda a diretoria do Prospera pelo meu retorno. Ano passado eu estava aqui no Próspera, no Sub-20, antes da pandemia, e iniciamos um trabalho de 20 dias. Estreamos na Copa Santa Catarina, vencemos o jogo de 1 a 0, onde tinha uma equipe que estava em formação”, relembra Jacson.

 

Ele destaque que o elenco acabou se desfazendo e o trabalho está começando do zero. “Como teve a pandemia, então, um ano parado, a gente perde muita coisa: perde atletas. Então, estamos reformulando toda a base, estamos no período de avalições de atletas e tenho certeza que virão muitos atletas de potencial. Hoje o clube está galgando coisas boas no cenário catarinense e brasileiro”, explica o técnico.

Com qualidade técnica e alinhado com os princípios do clube: competitivo, e com raça. Esse é o perfil de atleta que o Próspera buscará formar. “A comissão, junto com a diretoria, tem um planejamento a seguir. O planejamento de formação de atletas, trabalhar com jovens, com jogadores de qualidade técnica. Não vamos tirar a essência do atleta, formar com a característica por posições, com uma identificação com o Time da Raça, que, além da parte técnica, está sempre associado com muita raça”, analisa o técnico.

Estrutura do clube é elogiada

Para Jacson, com a estrutura do Próspera e o respaldo da diretoria, a expectativa é de realizar um bom trabalho e revelar atletas para o profissional do clube e, também, para o mercado do futebol. “A expectativa, desde o ano passado, é a melhor. A diretoria vem dando todo respaldo para a comissão trabalhar, toda uma estrutura boa, onde vai haver muitos atletas que, com certeza, vão ser lapidados. Os jogadores vão brilhar não só no futebol profissional do clube, mas, com certeza, no futebol brasileiro”, finaliza o treinador.

Jacson é natural de Içara, tem 28 anos, é ex-atleta e já acumula passagens pelo sub-11 e sub-13 do projeto União Santo Amaro, pelo sub-13 e sub-17 do Cometa Santo Amaro da Imperatriz, pelo sub-13 e sub-17 do Casa Lar em Araranguá, e pelo sub-17 do Hercílio Luz.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.