Próspera tem “apagão” e perde para o Marcílio Dias

Após um bom primeiro tempo, equipe leva dois gols em dois minutos, no início da etapa final, e perde para o Marinheiro. Time da Raça fica na parte de baixo da tabela do Catarinense – que está suspenso por 15 dias

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Itajaí

- PUBLICIDADE -

Fotos: Lucas Colombo/EC Próspera

Um “apagão” custou mais uma derrota para o Próspera, no Catarinense. Na noite desta quarta-feira, em Itajaí, o Time da Raça fez um bom primeiro tempo, mas tomou dois gols, em dois minutos, no início da etapa final e acabou perdendo por 2 a 0 para o Marcílio Dias. Zé Vitor fez o primeiro, em falha da zaga, aos três minutos do segundo tempo. Logo aos cinco minutos, David Batista, em cobrança de pênalti, ampliou. A partir daí, o Próspera buscou o ataque, mas, sem sucesso, acabou sofrendo a segunda derrota no Catarinense.

Agora, com a suspensão do campeonato, por, no mínimo, 15 dias, o elenco prosperano aguardará as definições da reunião agendada para amanhã, entre os presidentes dos clubes e a diretoria da Federação Catarinense de Futebol, para saber os próximos passos no Estadual.

O Próspera começou o jogo buscando o ataque e chegou a ter boas chances com Gabriel Henrique e em bolas erguidas na área. O time da casa respondia na mesma moeda e tornava a partida bastante movimentada logo no início. Diego Soares e Maicon Santana também criavam boas chances no ataque.

Aos 18 minutos, Gabriel Henrique avançou em velocidade e bateu forte, mas a bola passou perto do gol de Belliato. No minuto seguinte, Daniel avançou pela esquerda, Beliatto saiu e o atacante do Próspera tentou encobrir o goleiro, mas a bola saiu. O Time da Raça era melhor em campo e merecia abrir o placar. Após começar em um ritmo acelerado, o Próspera reduziu um pouco a velocidade em campo.

Aos 34 minutos, Jessé bateu da intermediária, a bola saiu fraca, mas Maicon Santana não conseguiu dominar e o lance ficou com a defesa do Marcílio Dias. Bem postado defensivamente, o Time da Raça não dava espaço ao Marinheiro e dominava a partida durante toda a primeira etapa. Aos 37 minutos, Daniel fez grande jogada pela esquerda e bateu forte, Beliatto defendeu parcialmente e, na sobra, Gabriel Henrique finalizou sem ângulo para a defesa do camisa 1 do Marcílio Dias. Melhor chance do Próspera na primeira etapa.

No minuto seguinte, Leomir avançou em velocidade, pelo meio, mas foi derrubado. Falta. Na cobrança, a defesa do Marinheiro afastou, mas o Próspera se manteve no ataque. O Time da Raça teve mais volume de jogo, mais posse de bola e dominou as atividades na primeira etapa. O Marcílio Dias não conseguia se desvencilhar da marcação e era presa fácil para o time criciumense. Faltava apenas o gol para o Próspera consolidar o domínio.

Começo trágico de segunda etapa

Na segunda etapa, aos três minutos, Paulinho cobrou falta, Magrão ficou com a bola, na área, chutou e Zé Vitor completou para o gol: 1 a 0 para o Marcílio Dias. Na origem da jogada, Galiardo falhou e precisou cometer a infração. Na hora do gol, o árbitro Rodrigo D’Alonso Ferreira ficou parado e chegou a causar dúvida, mas o gol foi confirmado. Dois minutos depois, Gustavo Henrique cruzou, David Batista cabeceou e o zagueiro Lastra colocou a mão na bola. Pênalti. Na cobrança, o mesmo David aumentou: 2 a 0. O Próspera errou muito, no início da etapa final, e acabou se complicando no jogo.

Aos 13 minutos, Roger cobrou escanteio, Lastra cabeceou e Jessé mandou para o gol, mas estava impedido e o gol do Próspera acabou anulado. Aos 20 minutos, Maicon Santana entrou na área e caiu, mas o árbitro deu infração do atacante do Próspera por simulação. Aos 25 minutos, Roger e Gabriel Henrique fizeram boa jogada pela direita e o lateral cruzou para Alex Bruno que completou torto, para fora.

A partir daí, mesmo com o técnico Paulo Baier colocando o time ao ataque, o Próspera perdeu força e não conseguiu sequer descontar, após levar os gols em falhas individuais de Galiardo e Lastra. No final, nova derrota do Time da Raça no Catarinense.

 

Campeonato Catarinense – 3ª Rodada – Turno

03/03 (Quarta-feira) – 20 horas – estádio Dr. Hercílio Luz, em Itajaí

MARCÍLIO DIAS

Junior Belliato; Weriton, Luan, Magrão e Paulinho; Daniel Pereira, Diego Silva (Luiz Meneses) e Alessandro (João Henrique (Adriano Paulista)); Gustavo Henrique (Nathan Ferreira), David Batista (Xavier) e Zé Vitor. Técnico: Teco

PRÓSPERA

Prezzi; Roger (Eduardo), Gullithi, Lastra e Diego Soares (Xaro); Jessé, Galiardo (Jean Natal) e Leomir (Alex Bruno); Gabriel Henrique, Maicon Santana e Daniel (Dudu). Técnico: Paulo Baier

Arbitragem: Rodrigo D’Alonso Ferreira; Auxiliares: Thiaggo Americano Labes e Gianlucca Perrone de Vasconcellos

GOLS: Zé Vitor (3/2T) e David Batista (5/2T) (MD)

Cartões Amarelos: Daniel Pereira e Gustavo Henrique (MD); Maicon Santana e Roger (P)

Cartões Vermelhos: Não Houve

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.