- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Itajaí

- PUBLICIDADE -

Os dois gols sofridos pelo Próspera aconteceram em virtude do time ter voltado desligado. Essa é a avaliação do técnico Paulo Baier.“Entramos meio desligados. O primeiro gol que tomamos descoordena e tira a confiança. Nós não jogamos tão mal o primeiro tempo, eu acho que estava abaixo do que o último jogo, mas não estava tão mal: tivemos chances, mas esse gol no inicio desestruturou tudo”, diz.

Para o treinador, o primeiro tempo da equipe foi aceitável, mas os erros comprometeram o time na etapa final. “Prejudica os gols tomados. A gente vem para o segundo tempo com uma estratégia e ainda alerta: presta atenção para não errar no início. Tivemos dois lances de erros e foram fatais. Aí desestrutura tudo, a gente quer empatar, somar um ponto pelo menos e fica meio desorganizado. Agora não é achar culpados, o grande culpado sou eu que escalo, que defino, os jogadores estão isentos”, comenta.

Baier assume a culpa pela segunda derrota do Próspera no Catarinense. “Até fizemos um gol, não sei se estava impedido ou não, tivemos um pênalti, meio duvidoso… Mas enfim: responsabilidade toda minha, em relação à derrota. Os atletas se dedicaram, correram demais e, no meu modo de pensar, o primeiro tempo foi organizado e o segundo desorganizou por tomarmos o gol muito cedo. Infelizmente, não conseguimos e agora é descansar, ver o que vai acontecer durante o campeonato para que a gente possa melhorar e, sim, tentar buscar as vitórias”, pontua.

A parada do Catarinense traz incerteza para a equipe. “A gente vai ver essa situação. Lamentamos isso e temos que ver esse lado das pessoas. Está bem perigoso. A diretoria tem que sentar e conversar para vermos o que fazer. Estamos de mãos atadas, não sabemos a programação. Amanhã (Hoje) devemos ter uma definição melhor para essa situação”, enfatiza.

Baier dará moral para o grupo de atletas e diz que os resultados estão dentro do planejamento. “Agora é descansar e vou fazer a minha parte: dar moral para o grupo, para os jogadores. Não é porque perdeu que está tudo errado, não: está tudo encaminhado, dentro do planejamento do Próspera. Perdemos dois jogos, ganhamos um e agora jogamos em casa, quando recomeçar o campeonato, e precisamos ganhar. Está tudo dentro do planejamento”, finaliza.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.