Olimpíadas: atleta Sul catarinense se despede de Tóquio

Atleta do Mampituba/DME Nova Veneza/FME Criciúma não se classificou para a final com a equipe brasileira

Foto: Wagner Carmo/CBAt

- PUBLICIDADE -

A equipe brasileira de revezamento 4×100 metros feminino estreou na noite dessa quarta-feira (4) nas Olimpíadas de Tóquio, mas não se classificou para a final. As atletas Bruna Farias, Ana Claudia Lemos, Vitória Cristina Rosa e Rosângela Santos ficaram em quinto lugar na segunda bateria e alcançaram a 11ª posição na classificação geral. Apesar de não chegar na final, elas conseguiram fazer o melhor tempo da equipe neste ano: 43s15.

Convocada pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), Ana Claudia é atleta da equipe Mampituba/DME Nova Veneza/FME Criciúma. Em entrevista após a semifinal, ela fez um balanço positivo do desempenho brasileiro e reforçou a dedicação do grupo nas provas.

- PUBLICIDADE -

“Temos consciência que precisamos melhorar individualmente, mas conseguimos fazer uma marca que já não vínhamos fazendo nos últimos três anos. Temos que buscar resultados melhores, crescer e continuar o trabalho, que não pode parar. Sempre que entramos na pista, tenham certeza que deixamos tudo dentro dela, às vezes não é o que queremos, o que as pessoas estão esperando, mas batalhamos muito. Obrigada para quem sempre manda uma mensagem, uma conversa, isso é muito importante para o crescimento dos atletas, muito obrigada a todo mundo do Brasil”, declarou.

Para a Sociedade Recreativa Mampituba, que pela primeira vez, em 97 anos de história, teve um atleta de sua equipe participando dos Jogos Olímpicos, o sentimento é de orgulho.

“Todas as atletas estão de parabéns, mas temos um carinho especial pela Ana Claudia. Ela representa, não apenas o clube, mas toda a região Sul do estado, que acompanha o trabalho dela há tantos anos. Conhecemos a história de vida dela e a dedicação extrema ao atletismo, ao esporte, somos orgulhosos por tê-la na equipe Mampituba”, enfatiza o diretor de Formação de Atletas do clube, Reginaldo Kanarek.

A final do revezamento 4×100 metros feminino será nesta sexta-feira (6), às 10h30 (hora do Brasil), e terá as equipes da Holanda, França, Alemanha, Grã-Bretanha, Estados Unidos, Suíça, Jamaica e China.

A Nobre Indústria e Comércio de Peças é apoiadora da atleta Ana Claudia Lemos. O Departamento Municipal de Esportes (DME) de Nova Veneza e a Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma são parceiros da equipe de atletismo do Mampituba, a qual é integrante do projeto de formação de atletas que o clube mantém por meio de convênio, através de editais, com o CBC.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.