Números do Tigre são empolgantes

Nas quatro primeiras partidas do time na Série C, equipe tem aproveitamento melhor do que no ano do último acesso para a Segunda Divisão: 2010

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Após o empate em 0 a 0 com o Oeste, no sábado, em Barueri, o Criciúma chegou a oito pontos somados, em quatro partidas, pela Série C deste ano. Na terceira posição do grupo B, com oito pontos, o time tem 66,7% de aproveitamento e apresenta números melhores, no mesmo período, do que em 2010 – ano do mais recente acesso do Criciúma para a Segunda Divisão nacional.

Há 11 anos, o Criciúma tinha sete pontos conquistados em 12 disputados – 58,3% de aproveitamento: vitórias contra Brasil de Pelotas e Chapecoense, empate com o Juventude e uma derrota para o Caxias, na Serra Gaúcha, por 1 a 0. Vale lembrar que a fórmula de disputa da competição era diferente: a primeira fase foi composta por quatro grupos com cinco clubes cada, com jogos em turno e returno dentro das chaves. Os dois melhores classificaram-se para a fase seguinte – que passou a ser disputada no sistema de mata-mata. Passando pela primeira eliminatória, o time estava classificado para a Série B.

Em 2010, o Criciúma encerrou a primeira fase como líder do grupo D com 12 pontos conquistados em oito jogos. O acesso veio em um confronto contra o Macaé (RJ). No Rio de Janeiro, derrota por 3 a 2, porém, no Majestoso, uma vitória por 2 a 0 garantiu o acesso do Tigre para a Série B do Brasileiro do ano seguinte.

Uma das melhores defesas do campeonato

Com apenas um gol sofrido, em quatro jogos disputados, o Tricolor Carvoeiro tem uma das melhores defesas da Série C. O posto é dividido justamente com o adversário de domingo: o Novorizontino. Ambas as equipes foram vazadas apenas uma vez. Depois do líder do grupo B, o Tigre recebe o Paraná, atual lanterna da chave. “É descansar e trabalhar. Temos dois jogos em casa para procurar fazer os três pontos. Dentro de casa acredito que somos muito fortes”, comenta o técnico do Criciúma, Paulo Baier.

O Criciúma segue invicto, sob comando de Baier, com duas vitórias e quatro empates – contando Série C e Copa do Brasil. O ataque balançou as redes dos adversários por cinco vezes. “Estamos no caminho certo. São seis partidas sem perder e sempre somando. Temos que exaltar os atletas, exaltar o trabalho que estamos fazendo”, afirma Baier.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.