Leomir está satisfeito com momento do Próspera, mas almeja mais

Time da Raça está próximo de atingir primeiro objetivo da temporada

Foto: Lucas Colombo/EC Próspera
- PUBLICIDADE -

Gustavo Milioli

Criciúma

- PUBLICIDADE -

O Próspera tem uma meta clara para este ano: não ser rebaixado. Com o objetivo perto de ser atingido, os jogadores já começam a vislumbrar passos maiores na disputa do Campeonato Catarinense. É o caso de Leomir. O meia disse estar feliz com o bom momento vivido pelo clube, mas não quer parar por aí.

“Estou satisfeito sim, mas não vou mentir. Eu sempre quero mais. Sempre nos lugares em que eu vou, eu busco acreditar. Desde o momento em que o elenco acredita e nós fazemos dentro de campo, somos possíveis. Tenho certeza de que vamos alcançar voos maiores”, declara o atleta de 34 anos.

Especula-se nos bastidores do Time da Raça que mais um ponto conquistado nos três últimos desafios pela primeira fase seria o suficiente para a permanência ser garantida. O Próspera terá pela frente Chapecoense, Figueirense e Brusque. “Creio que vamos jogar da mesma forma, um pouco mais cautelosos, marcando perto do meio de campo, para surpreender”, antecipa. “Sabemos do nosso potencial, daquilo que temos de forte também”, complementa.

O atleta sente a falta de dividir o setor de criação com outro companheiro da mesma posição. Como é o único meia que vem sendo titular, as jogadas ofensivas passam sempre pelos pés dele. “Eu creio que sobrecarrega sim, em certas partes. Mas dentro do propósito do clube, que o professor e toda a comissão têm, acho que estou me sobressaindo muito bem. Os resultados estão vindo e têm nos favorecido”, opina.

A única vez em que ele dividiu a responsabilidade foi na goleada sofrida contra o Concórdia, quando Jean Natal iniciou a partida a seu lado. “Nos damos muito bem. É um jogador de perna canhota, com mesmo estilo do meu. Infelizmente, quando jogamos juntos, tomamos uma goleada, mas quem viu o jogo percebeu que não condiz com o que foi. Em três contra-ataques eles mataram, e nós não aproveitamos as oportunidades”, observa.

Pitoresco

Leomir protagonizou um lance bizarro na última partida, contra o Juventus, em que viralizou nas redes sociais. Ele caiu sozinho enquanto estava com a bola dominada, no momento em que iria efetuar um passe, mas tem a defesa própria na ponta da língua. “Assim que eu cheguei em casa vi que tinha viralizado mesmo, muitos amigos me mandando o vídeo, me marcando… Eu ri demais. Mas vou me defender. Ali foi um lance em que eu estava com a cabeça em pé, quando fui dar um tapa na bola para fugir do marcador, acabei dando uma passada em falso e me desequilibrei”, lembra.

O experiente jogador, revelado na base do Criciúma, reforçou que ainda está longe de pensar em parar. “Eu tenho no mínimo uns quatro ou cinco anos em que quero estar jogando. Procuro estar me cuidando para conseguir esse objetivo e sonho em poder voltar a um clube gigante, grande no cenário brasileiro. Para isso eu tenho um trampolim aqui, nessa equipe, disputando o Campeonato Catarinense”, destaca.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.