Criciúma/FME estreia no Brasileirão Feminino A-2 neste domingo

Meninas Carvoeiras enfrentam o Red Bull Bragantino às 15 horas, no Centro de Formação de Atletas (CFA) do RB Brasil, na cidade de Jarinu (SP)

Foto: Celso da Luz/Criciúma EC
- PUBLICIDADE -

A equipe de futebol feminino Criciúma E.C./FME inicia a caminhada no Campeonato Brasileiro Feminino A-2 neste domingo (16). O Tigre enfrenta o Red Bull Bragantino às 15 horas, no Centro de Formação de Atletas (CFA) do RB Brasil, na cidade de Jarinu (SP).

As meninas carvoeiras, comandadas pela técnica Bina Casso, estão no grupo D da competição nacional juntamente com o Atlético Goianiense, Vila Nova, Fluminense, Sport e o próprio Bragantino. “Nossa preparação foi muito boa. Tivemos o apoio total do clube e da Fundação Municipal de Esportes de Criciúma. Temos uma equipe entrosada e recebemos reforços nesses últimos dias de treinamento. Temos certeza que vamos representar muito bem essa camisa e a cidade”, destacou a comandante.

- PUBLICIDADE -

A viagem para a cidade paulista teve inicio na manhã deste sábado (15), com saída do Centro de Treinamento Antenor Angeloni e voo programado para 11h40min no aeroporto internacional de Florianópolis.

CAMPEONATO BRASILEIRO FEMININO A-2

Na primeira fase, as 36 equipes participantes se dividem em seis grupos, onde todos se enfrentam em cinco rodadas. Avançam na competição os dois melhores colocados de cada chave além dos quatro melhores terceiros lugares. Na fase seguinte é realizado um sorteio para definir os confrontos e mandos de campo. A competição segue em esquema eliminatório até a final. Os quatro times classificados para as semifinais garantem o acesso à elite do futebol feminino nacional.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.