Criciúma: Ouro nas Paralimpíadas Escolares

Mesatenistas de Criciúma conquistam seis primeiros lugares na competição que ocorreu em São Paulo e reuniu cerca de 850 atletas paralímpicos de todo o Brasil


- PUBLICIDADE -

São Paulo

A equipe de tênis de mesa da S.R. Mampituba/FME Criciúma conquistou seis medalhas de ouro nas Paralímpiadas Escolares 2021 em São Paulo (SP). A competição iniciou na última terça-feira, dia 23 e seguiu até este sábado, dia 27.

- PUBLICIDADE -

O mesatenista paralímpico Gabriel de Oliveira Antunes faturou dois ouros, um no individual e outro por equipes na classe 10 de 15 a 17 anos. Da mesma forma, Lucas da Silva da Rocha faturou o ouro no individual e ouro por equipes na classe 11 de 15 a 17 anos. Na primeira participação na competição, Kauã Zomer Pacheco faturou o ouro no individual e, também, por equipes na classe 11 de 12 a 14 anos.

Os atletas do Mampituba/FME Criciúma fizeram parte da Seleção Catarinense que disputou a competição. Sendo que no Tênis de Mesa a Seleção alcançou a segunda colocação no geral. “Os resultados foram excelentes. Melhor do que esperávamos e isso mostra a boa preparação e dedicação que eles tiveram durante os treinos”, destaca a técnica do Mampituba/FME Criciúma, Narita Goulart que liderou os atletas paralímpicos na competição.

A Paralimpíadas Escolares reúne cerca de 850 atletas paralímpicos de todo o Brasil. A Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma e o Bairro da Juventude são parceiros da equipe de tênis de mesa do Mampituba, a qual é integrante do projeto de formação de atletas que o clube mantém por meio de convênio, através de editais, com o Comitê Brasileiro de Clubes (CBC).

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.