Criciúma: Os preparativos ao Banana Bowl 2021

Sociedade Recreativa Mampituba receberá, pelo quinto ano consecutivo, um dos maiores torneios de tênis infanto-juvenil do mundo. Evento ocorre de 1º a 7 de março


- PUBLICIDADE -

Criciúma

Vem aí o Banana Bowl ITF 2021, maior torneio de tênis infanto-juvenil da América Latina e um dos cinco maiores do mundo. A Sociedade Recreativa Mampituba será o palco oficial da competição que acontece de 1º a 7 de março. Dias antes, de 24 a 26 de fevereiro, ocorre a etapa pré-quali (pré-qualificatória) e nos dias 27 e 28 deste mês será a etapa quali (qualificatória).

- PUBLICIDADE -

 

Neste ano, o evento está na 51ª edição e o Mampituba será anfitrião pelo quinto ano consecutivo. São aguardados mais de mil tenistas durante toda a competição, compreendida pelas categorias feminino e masculino de 8 a 18 anos. Os inscritos são de aproximadamente 45 países diferentes, tais como: Austrália, Bolívia, Brasil, China, Eslováquia, Estados Unidos, França, Holanda, Israel, Marrocos, México, Nigéria, Polônia, Rússia, Ucrânia, entre outros. “É um torneio de importância enorme para o clube, um espetáculo internacional trazido para a cidade. Temos o prazer de ver o berço do tênis, aqueles que podem se destacar num período curto de tempo no cenário do tênis. Para a região também é muito importante porque movimenta a economia e traz de novo aquele ar esportista que sempre tivemos. É um evento realmente único”, afirma o diretor de tênis do Mampituba, Marcus Milioli Bortolotto.

Mudanças em virtude da pandemia

Organizado pela International Tennis Federation (Federação Internacional de Tênis) em parceria com a Confederação Brasileira de Tênis (CBT), o Banana Bowl terá mudanças neste ano por conta da pandemia de Coronavírus. A primeira delas é em relação ao público. De acordo com o presidente da Federação Catarinense de Tênis (FCT), Alexandre Farias, por ora, está vedada a participação do público.

Além disso, durante os dias de competição serão seguidos os protocolos internacionais exigidos pela Confederação Internacional de Tênis, com aferição de temperatura e apresentação de exames com resultado negativo para Covid-19, por exemplo. Também será permitido apenas um acompanhante para cada atleta.

Outra alteração é a inclusão das categorias de 14 e 16 anos, uma novidade para o Mampituba. Em 2020, as disputas dessa faixa etária ocorreram em um evento à parte na cidade do Rio de Janeiro, organizado pela Confederación Sudamericana de Tenis (Confederação Sul-Americana de Tênis – Cosat). “A expectativa é enorme, será uma edição histórica do Banana Bowl porque, pela primeira vez, teremos todas as categorias, de 8 a 18 anos, reunidas em um único local. Isso aumenta a nossa responsabilidade, é um evento grandioso, mas acreditamos que vamos conseguir realizar tudo com bastante tranquilidade”, finaliza Farias.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.