Criciúma: Mampituba recebe 51ª edição do Banana Bowl

Como forma de auxiliar o evento, o Município destinará subvenção de R$100 mil reais. O repasse do valor teve a aprovação do Legislativo

Foto: Divulgação/Federação Catarinense de Tênis
- PUBLICIDADE -

A 51ª edição do Banana Bowl, evento esportivo de tênis que acontece na Sociedade Recreativa Mampituba, será apoiada pelo Governo de Criciúma. O incentivo público de R$100 mil, foi aprovado pela Câmara Municipal por votação unânime. A etapa pré-qualificatória do evento ocorre entre os dias 27 e 28 deste mês. A competição oficial ocorre entre os dias primeiro e 7 de março.

“Com esse auxílio vamos cobrir os gastos com a alimentação dos atletas”, afirma o presidente da Federação Catarinense de Tênis (FCT), Alexandre Farias. Ao todo, são aproximadamente 700 tenistas de 45 nacionalidades diferentes. Esse é o quinto ano consecutivo que o Banana Bowl é realizado no município. Neste ano, o evento será todo em Criciúma. Ele abrange a modalidade Kids (categoria com crianças de 8 a 11 anos) e as categorias de 12, 14, 16 e 18 anos. Ambas as categorias terão a modalidade feminina e masculina.

- PUBLICIDADE -

A equipe do evento fará um controle rígido da saúde dos participantes. Os atletas serão monitorados, com rota limitada entre o clube e o hotel. Além disso será feita a aferição de temperatura na entrada e saída dos lugares. Todo dia será encaminhado um relatório para a Confederação Brasileira de Tênis (CBT) com a medição. Se algum tenista testar positivo para Covid-19, ele não poderá mais competir.

Escolinhas de tênis da Fundação Municipal de Esportes

A FME possui parceria com a Sociedade Recreativa Mampituba, que cede oito quadras de tênis para o município ministrar as aulas do esporte na cidade. Segundo o professor de tênis, Rodrigo Canotto, o projeto social de iniciação esportiva ocorre há dez anos e já beneficiou 800 crianças e jovens de 8 a 18 anos de idade.

Atualmente, as aulas estão sendo realizadas de forma semipresencial, com aulas remotas e aulas práticas. “Iremos abrir inscrições a partir do momento que a pandemia reduzir bastante”, conta o professor de Tênis, Rodrigo Canuto de Souza. Com a inscrição, os alunos ganham uniformes, raquetes, bolinhas e outros apoios da FME. 16 tenistas formados pelo projeto estarão representando a região no Banana Bowl deste ano.

Via Município de Criciúma/ Thaís Borges

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.