Criciúma e Nova Veneza: Atletismo em evidência na região

FME Criciúma oferece aulas do esporte à comunidade, enquanto time de Nova Veneza conquista medalhas no Estadual Sub-20

- PUBLICIDADE -

Criciúma / Nova Veneza

Em ano de Olimpíada, o atletismo está em destaque na região da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec). A Fundação Municipal de Esportes (FME) realiza, em parceria com a escola Antônio Milanez Netto, um projeto de atletismo voltado para crianças e adolescentes, aberto à comunidade. Os encontros ocorrem nas terças e quintas durante a tarde, das 13h30 às 17h, na pista de atletismo da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc).

- PUBLICIDADE -

Segundo Neto Uggioni, presidente da FME, a ação é organizada pelo Coordenador Social Bruno Colombo, e as aulas têm orientações dos técnicos Roberto Bortolotto e Mirelli Berti, com auxílio de jovens estagiários. “As práticas promovem o desenvolvimento social dos participantes e aprimoram o condicionamento físico. Os treinos são importantes para a comunidade, pois evitam que as pessoas fiquem ociosas ou sedentárias. Exercitamos diversas técnicas do atletismo, mas também ensinamos disciplina e respeito ao próximo” disse o presidente.

Bortolotto complementou a linha de pensamento de Neto. “Dessa maneira, ajudamos a formar o caráter de um bom cidadão e colaboramos para uma sociedade mais saudável. É a partir desse empenho que surgem grandes campeões e se promove uma perspectiva de futuro no esporte” explicou.

Como participar das aulas:

Aos interessados em participar das atividades, as inscrições podem ser feitas diretamente em um dos encontros na pista da UNESC. Além do atletismo, a FME oferece ainda, nos parques municipais, aulas de zumba, boxe e judô, seguindo as devidas medidas sanitárias recomendadas pelas autoridades de saúde.

Conquistas em disputas catarinenses

Foto: Divulgação/ Lucas Sabino

A equipe do Departamento Municipal de Esportes (DME) de Nova Veneza, em parceria com a FME Criciúma e a Sociedade Recreativa Mampituba disputou o Estadual Sub-20 em Timbó, no norte do estado. E de lá, a equipe comandada por Bortolotto voltou com 10 medalhas na bagagem e o terceiro lugar na classificação geral das equipes. Foram três medalhas de ouro, quatro de prata e duas de bronze.

A atleta Larissa Lúcio foi destaque, conquistando dois ouros, nos 800 e 1500 metros rasos. “Muito feliz por poder representar Nova Veneza conquistando medalhas e cada vez alavancando mais o atletismo do nosso município, que é muito forte”, pontua Larissa.

Além de Larissa, mais duas atletas foram destaque, Maria Eduarda da Silva e Geovana da Silva foram convocadas para a seleção catarinense para disputar a seletiva nacional da Gymnasiade, a maior competição estudantil do mundo. Em julho e agosto as duas irão disputar a seletiva em Aracaju, no Sergipe, buscando uma vaga na competição, que será disputada na China este ano.

Para Bortolotto, a equipe sai com um saldo muito positivo da competição. “Fizemos um grande Estadual, mostramos porque Nova Veneza está muito bem servida no atletismo.
Saímos mais fortes para as outras competições que virão”, comenta.

Confira todos os medalhistas do final de semana:

Larissa Lúcio: ouro nos 800 e 1500 metros e bronze no revezamento 4 X 400;

Luisa Lummertz: ouro no salto em altura e bronze no revezamento 4 X 400;

Geovana da Silva: prata no salto triplo, bronze no salto em distância e no revezamento 4 X 400;

Maria Heloíza Possamai: prata nos 3 mil metros rasos;

Maria Eduarda da Silva: bronze no arremesso de peso;

Ana Carolina da Silva: bronze no revezamento 4 X 400;

Michel Pereira: prata nos 5 mil metros rasos;

Luan Braz: prata no lançamento de disco.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.