Com o torcedor de volta, Tigre estreia na Copa SC

Diante do Hercílio Luz, a partir das 19h30min, Criciúma começa a caminhada em busca do título que dará uma vaga na Copa do Brasil 2022. Majestoso receberá público pela primeira vez em um ano e meio


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Uma noite histórica para o Criciúma. E por diversos aspectos. Depois de um ano e meio, o estádio Heriberto Hülse votará a receber a presença do torcedor nas arquibancadas – algo que ficou impraticável em virtude da pandemia da Covid-19, que foi deflagrada em março de 2020. Além disso, será a estreia do time na Copa Santa Catarina, diante do Hercílio Luz, a partir das 19h30. É a primeira vez, em 11 anos, que o clube disputa a competição estadual. Tudo por uma vaga na Copa do Brasil 2022.

O desempenho vexatório no Catarinense deste ano, quando foi rebaixado, deixa o Criciúma de fora da competição nacional, no ano que vem, caso não vença a Copinha – nome carinhoso dado pela torcida à disputa estadual. Apenas o campeão garantirá vaga no torneio nacional. Assim, o Tricolor Carvoeiro precisa, com todas as forças, levantar a taça da competição.

Para este primeiro jogo – e também na segunda rodada, diante do Juventus, em Jaraguá do Sul – o time será comandado pelo auxiliar técnico, Luciano Almeida. O técnico Paulo Baier cumprirá suspensão nos dois primeiros jogos da competição estadual. O comandante do Tigre foi suspenso por cinco jogos por infração quando era técnico do Próspera, no Campeonato Catarinense deste ano. Na sequência, a penalidade foi reduzida para três jogos e o mesmo já cumpriu uma das penalidades.

Entretanto, a responsabilidade não assusta Almeida. “Para mim é normal. A responsabilidade continua sendo a mesma. Eu sei da minha função dentro do clube: sou auxiliar-técnico. O Paulo (Baier) que comanda a equipe, então, amanhã (hoje) não terá grande problema, até porque eu trabalho no dia a dia, com esses atletas que irão começar a partida”, diz.

Time titular é um mistério completo

Tudo indica que o Tigre irá usar um time formado por jogadores que vêm atuando menos na Série C com o reforço de atletas da base. Porém, Almeida faz suspense sobre quem serão os titulares na partida de hoje. “No Criciúma, não existe reservas. Nós temos um elenco forte, de qualidade, que vem disputando um campeonato difícil que é a Série C. Então, todos os atletas que estão disponíveis para o Paulo (Baier) podem aparecer no time amanhã (hoje) contra o Hercílio”, despista. “Estamos trabalhando e vendo uma formação ideal para começar a partida. Temos todos os atletas à disposição, então, com certeza, entrará uma equipe bem qualificada, bem treinada, para começar a competição”, completa.

Luciano reforça que todos os jogadores estão trabalhando desde domingo – um dia após o empate com o Botafogo-SP pela Série C. “Estamos procurando ganhar tempo, até porque o jogo é em cima. Como eu frisei, o nosso grupo é de qualidade e tem uma condição boa de jogar as duas competições de forma igual”, comenta.

A busca é pelo troféu da competição

Além da vaga na Copa do Brasil, a tradição do Criciúma faz com que o clube, obrigatoriamente, brigue pelo título da competição. “O Criciúma, em qualquer competição que ele entre para disputar, busca o título. Na Copa Santa Catarina não é diferente, até porque o Criciúma está entrando nessa competição para buscar o título. Isso dá direito para jogar a Copa do Brasil do ano que vem – uma competição que rende muito para todos os clubes que disputam. Então, a intenção do Criciúma é buscar o título”, diz.

Almeida trata de valorizar tanto a Copinha quanto a Série C. “A gente sabe da importância das duas competições: tanto a Série C, como a Copa Santa Catarina, vão trazer bons lucros para o Criciúma. Não só na parte financeira, mas também na valorização profissional de todo mundo que está aqui. Estamos em busca das duas competições”, finaliza.

Disputa acontece até novembro

Diferente da última edição, que contou com seis times, nesta temporada são oito os confirmados na disputa: Avaí, Caçador, Criciúma, Figueirense, Hercílio Luz, Joinville, Juventus e Marcílio Dias. O campeão do torneio sairá no dia 28 de novembro.

A forma de disputa será em turno único, com disputa de todos contra todos. Os quatro melhores colocados ao final da primeira fase avançam às semifinais, que serão decididas em jogos de ida e volta, assim como a final. No mata-mata, os times com melhor campanha jogam por resultados iguais.

Copa Santa Catarina – 1ª Rodada – Turno Único

15/09 (quarta-feira) – 19h30min – estádio Heriberto Hülse, em Criciúma

CRICIÚMA

Roberto; Claudinho, Zé Marcos, Henrique (Genilson) e Pedro Rosa; Jessé, Léo Costa, Renan Areias (Rullian); Gabriel Henrique, Luiz Paulo e João. Técnico: Luciano Almeida

HERCÍLIO LUZ

Matheus; Cleiton, Elton, Raphael e Matheus Oliveira; Jean Carlos, Ramires e Vitinho; Adilio, Lucas Dentinho e Fabinho; Técnico: Raul Cabral

Arbitragem: Diego da Costa Cidral; Auxiliares: Diogo Berndt e Bruno Müller

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.