Com Baier, um Criciúma aguerrido e com vontade de vencer

Ídolo e novo técnico do clube, Paulo promete resgatar as características históricas do Tigre: um time com atitude e lutando pelas vitórias em campo. Reforços para a Série C e Copa do Brasil começarão a chegar nos próximos dias

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Com três passagens como jogador e 164 partidas oficiais pelo Criciúma, Paulo Baier está de volta ao clube. Agora como técnico, ele tem a missão de resgatar as características históricas do Tigre. E que ele conhece tão bem. Por isso, durante a apresentação oficial, que aconteceu no início da tarde de ontem, na Sala de Imprensa Clésio Búrigo, no estádio Heriberto Hülse, ele prometeu um time com garra, determinação e vontade de vencer. “Eu lembro bem que, nas conquistas do Criciúma, o calção saía ‘embarrado’ e a camisa rasgada. Esse é um objetivo que eu quero voltar a ter no Criciúma: essa garra, determinação e vontade de vencer. Na derrota, temos que sentir e, na vitória, temos que comemorar”, destaca.

Baier espera ajudar a mudar o ambiente do clube, recolocando o Tigre nos caminhos das vitórias. Tudo começa com a disputa da Série C e as partidas pela Copa do Brasil contra o América-MG. “Eu espero que, daqui para a frente, a gente possa mudar os ares aqui dentro, principalmente em campo, com atitude, cobrança e ambiente bom. Porém, ambiente bom só vem com vitórias. Então, é isso que eu prezo nos grupos que eu trabalho: procurar vencer sempre e acreditar. O futebol é vitória, não tem outra alternativa. Então, temos que trabalhar firme, forte e organizar de novo  para conseguirmos as vitórias”, pontua.

Dando uma pista de como será o time do Tigre, sob seu comando, Baier disse que “os times terão que correr muito para ganhar do Criciúma”. Desta forma, os indícios mostram que o time será de muita transpiração em campo. “Nós temos que fazer times competitivos, saber que os jogadores têm que entrar como se fosse um prato de comida. Resgatar essa alma. Eu estou aqui para isso. Nem que perca o jogo, mas o torcedor olhar e perceber que o time correu e se dedicou. Os times terão que correr muito para ganhar do Criciúma. Pode ter certeza. O torcedor pode confiar nisso”, ressalta.

Desafio chega no momento considerado ideal

Feliz e em evolução na carreira. É assim que Paulo Baier se sente. Após uma campanha vitoriosa no Próspera, o técnico acredita que o desafio no Criciúma chegou no momento correto. “Eu vivo um momento muito bom. Me sinto bem e feliz. Estou evoluindo cada vez mais. Chego em um momento certo de assumir o Criciúma. O clube necessita, pois já passaram vários técnicos e é o meu momento. Acredito que não tem oportunidade melhor para um treinador que conhece o clube, que tem identificação com o torcedor, cidade e clube. É o momento certo. Eu vim no momento certo”, diz.

Baier sabe que o trabalho será exigente e até desgastante, mas está pronto para o desafio. “Eu sinto que estou muito bem agora, juntamente com a chegada do Luciano, que foi importante, e acredito que faremos um grande trabalho. Será um trabalho difícil, recuperar. É pouco tempo, mas eu acredito no poder do trabalho. Se não trabalhar firme e forte, não se consegue nada. A gente vai devagarzinho organizando a chegada de novos atletas, recuperando esses que estão na casa para que a gente possa fazer um Criciúma forte”, enfatiza.

Reforços já estão mapeados desde segunda-feira

Mesmo antes de ser anunciado oficialmente, Baier já estava trabalhando junto ao presidente Anselmo Freitas, ao Coordenador de Futebol, Wilsão, e ao Executivo de Futebol, Juliano Camargo. Desta forma, os nomes dos primeiros reforços já estão mapeados e os anúncios devem acontecer nos próximos dias. “Não podemos errar nas contratações. Agora é momento de organizar, nessa semana, para, na outra semana, chegar gente e possamos reforçar a nossa equipe. Temos que montar uma equipe competitiva e que busque os resultados. Além disso, temos que ter um time competitivo dentro de campo porque essa é a minha característica. Nesses anos, eu consegui trabalhar desta forma”, comenta.

A possibilidade de contratar atletas que estavam no Próspera é ventilada. Nomes como o goleiro Roberto, o volante Jessé e o atacante Danielzinho podem ser os primeiros a chegar. Baier, porém, não confirma nomes. “Tem jogadores que estamos analisando. Tem atletas de São Paulo que estamos vendo. Estamos avaliando. O tempo é curto, mas o Juliano está dando a vida e correndo. Ele está ficando até duas da manhã correndo atrás de jogador, procurando, analisando e me ligando. Estamos trocando ideias todas as horas. Há possibilidade (de jogadores do Próspera)? Há. Mas há possibilidade de virem outros também. Então vamos analisar e acredito que, mais para a frente, a gente tenha uma resposta melhor”, destaca.

Acima de tudo, os atletas que serão contratados deverão preencher o perfil exigido por Baier: muita dedicação e empenho em campo. “No Próspera, com um orçamento bem baixinho, a gente fez os jogadores entenderem que entrar em campo é como se fosse um prato de comida. Aqui no Criciúma, tem que ser mais que um prato de comida porque tem tudo. Não é possível que o jogador não entenda que é para ficar jogando três ou quatro anos no Criciúma. De tão especial que é o clube. É isso que eu quero fazer eles entenderem e é isso que eles têm que fazer dentro de campo: cada dividida, cada bola disputada, eles têm que pensar que podem ficar no clube por dois ou três anos. Aqui é uma maravilha de clube: a torcida é boa, estrutura boa, tudo de bom. Então, da minha parte, vou tentar fazer com que os atletas entendam que, no jogo, eles têm que valorizar o clube, a torcida e a camiseta do Criciúma”, destaca.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.