Bira Melo, preparador de goleiros, volta ao Tigre e traz boas lembranças

Preparador esteve presente no acesso para a Série A e no título Catarinense

Foto: Arquivo TN
- PUBLICIDADE -

Criciúma

Após a apresentação oficial do novo treinador, Hemerson Maria, seu auxiliar Emerson Nunes e do preparador físico Alexandre Souza, na tarde da última terça-feira, dia 12, a comissão técnica do Criciúma, após concretizar negociação na última sexta-feira, dia 15, tem mais um nome a apresentar para a pré-temporada que estima-se que começe entre os dias 4 e 5 de fevereiro. O retorno de Ubiratan Melo, 48 anos, preparador de goleiros é um nome já conhecido pelo torcedor do Criciúma. Bira teve uma passagem vencedora pelo Criciúma entre os anos de 2012 e 2013. Durante o tempo em que o preparador esteve no Criciúma, vieram o acesso para a Série A e o título do Campeonato Catarinense. Em 2012, Bira Melo além de estar presente no acesso, terminou o ano com o vice-líder no Campeonato Brasileiro da Série B.

- PUBLICIDADE -

Ubiratan vem do Botafogo da Paraíba, onde foi constantemente alvo de elogios pelos goleiros onde lá treinou. A responsabilidade pela permanência na Série C do Botafogo da Paraíba, muitas vezes foi atribuída a Ubiratan pelo próprio goleiro do clube, Luiz Felipe Ventura.

Além do Criciúma, Ubiratan de Melo, já teve passagens pelo Londrina, Ceilândia, JMalucelli, Noroeste Bauru, Ypiranga de Erechim, ABC de Natal e Capivariano. Entre os anos de 2016 e 2020, o preparador esteve no Dibba Al Fujairah e no Khorfakkan do futebol dos Emirados Árabes Unidos. No plantel do Tigre, apenas o goleiro Diego é certeza, vindo da categoria de base e treinando com o time profissional já por algum tempo. Bira Melo vem para substituir Maurício Dacoregio, que teve sua saída comunicada pelo clube na última sexta-feira.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.