Baier reconhece queda de rendimento do Tigre, mas valoriza empate

Criciúma ficou no 0 a 0 com o Oeste fora de casa e manteve a invencibilidade na Série C

Foto: Celso da Luz/Criciúma EC
- PUBLICIDADE -

Gustavo Milioli

Barueri

- PUBLICIDADE -

Após o empate sem gols diante do Oeste na noite deste sábado, o técnico Paulo Baier enalteceu o ponto conquistado. Não pelo desempenho do Criciúma durante os 90 minutos, considerado abaixo do ideal e do apresentado nas últimas partidas, mas sim por atuar longe dos seus domínios.

“Eu acredito que o empate foi o mais correto. Hoje eu acho que não fizemos um bom jogo como vínhamos fazendo. Hoje ficamos um pouco abaixo, mas o importante é você estar sempre somando. A gente conseguiu um bom resultado, sempre é bom estar somando, principalmente na Série C, que é tão difícil. O Oeste vai tomar muitos pontos aqui dentro de outros adversários”, analisou em entrevista coletiva depois do confronto.

Agora, o Tigre terá pela frente dois compromissos seguidos no Heriberto Hülse pela competição. No próximo domingo, enfrenta o líder Novorizontino. Depois, o oponente será o Paraná. “É descansar, trabalhar, temos dois jogos em casa para procurar fazer os três pontos. Dentro de casa acredito que somos muito fortes”, projetou o treinador.

Contra o Oeste, o Criciúma não conseguiu criar grandes oportunidades de gol, principalmente no segundo tempo. “É um jogo que viemos para buscar a vitória, infelizmente não conseguimos. O nosso rendimento ficou um pouco abaixo na parte técnica, não na parte física. Os meninos correram de mais, faltou realmente jogar um pouquinho, ter a posse de bola”, avaliou.

Baier ressaltou a sequência de invencibilidade desde que chegou o Tigre. Pela Série C, são duas vitórias e dois empates em quatro rodadas. “Estamos no caminho certo. São seis partidas sem perder (contando com a Copa do Brasil), sempre somando. Temos que exaltar os atletas, exaltar o trabalho que estamos fazendo”, afirmou.

O comandante, no decorrer da partida, promoveu a estreia do atacante Maranhão. Fillipe Mateus, após desfalcar o time por três semanas no departamento médico, voltou a ser relacionado e também entrou durante o segundo tempo. “O Maranhão ainda está um pouco abaixo, foi notória a parte física. O Fillipe está voltando após ficar três semanas parado. A gente vai ajustando, têm jogadores chegando na nossa equipe. Quando todos estiverem bem eu acredito que vamos evoluir mais ainda”,  destacou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.