Baier lamenta desgaste do Próspera e exalta ponto conquistado

Time da Raça vem passando por dificuldades envolvendo lesões no plantel, e ainda precisou jogar com um a menos na reta final da partida contra o Juventus

Foto: Lucas Colombo/EC Próspera
- PUBLICIDADE -

Gustavo Milioli

Criciúma

- PUBLICIDADE -

O Próspera não teve a mesma atuação das rodadas anteriores, mas conseguiu continuar somando pontos na tabela. A equipe ficou no empate sem gols com o Juventus na tarde deste sábado, no Heriberto Hülse, e chegou aos 11 pontos conquistados, mantendo lugar entre o G-8 do Campeonato Catarinense.

Apesar de estar jogando em seus domínios, o técnico Paulo Baier considerou o empate satisfatório. Não pelo desempenho apresentado, mas pela superação. O comandante tinha três desfalques na linha defensiva para a partida, sem poder contar com Sueliton, Gullithi e Xaro. E ainda, perdeu Baiano, substituído por lesão, e Daniel, expulso aos 34 minutos do segundo tempo.

“A gente jogou contra um time que toca bem a bola, com jogadores muito rápidos. Esse ponto conquistado tem que ser comemorado. Para o Próspera, ótimo. Dentro da nossa filosofia de trabalho, do nosso propósito, foi um resultado ótimo contra um time muito bom”, avalia o treinador.

Agora, o Time da Raça terá uma semana cheia de preparação para o próximo compromisso pelo Campeonato Catarinense, contra a Chapecoense, em Chapecó. “Os jogadores estavam exaustos hoje, muito cansados. Viemos de partidas desgastantes contra Avaí e Criciúma, e sem tempo para trabalhar. Vamos ter um descanso bom, para recuperar essa rapaziada que vem se superando e fazendo bons jogos”, aponta.

Mesmo com a sexta colocação, o comandante reiterou que o primeiro objetivo traçado pelo clube neste ano de retorno à elite foi a permanência, e que, por isso, cada ponto conquistado é bem-vindo.

“O Próspera está dentro de um objetivo, que é de somar pontos rodada a rodada e escapar do rebaixamento. Estamos dentro do nosso padrão, somamos 11 pontos, e agora faltando três rodadas teremos confrontos contra três times fortes: Chapecoense, Figueirense e Brusque. Cada ponto que a gente somar, é ótimo”, destaca.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.