Avaí vence a Chapecoense por 2 a 1 no primeiro jogo da final

No último minuto de jogo, Avaí consegue a vitória

Foto: Frederico Tadeu / Avaí F.C.
- PUBLICIDADE -

Florianópolis

Avaí e Chapecoense se enfrentaram na tarde de hoje na Ressacada, em confronto válido pela primeira partida para decidir quem é o grande campeão catarinense na temporada. Com a última disputa, os times já contabilizam cinco finais de catarinense. Na primeira fase da competição o Leão da Ilha ficou com a terceira posição, já a Chape terminou com a liderança da tabela. O time do Oeste possuia a vantagem de dois empates ou igualdade na soma dos placares, já o Avaí entrou em campo buscando a vitória dentro de casa.

- PUBLICIDADE -

Nos primeiros minutos da partida já era nítido que ambas equipes tinham o cuidado a cada passe e que a Chapecoense iria utilizar-se muito do corredor pelo lado esquerdo mas sem se arriscar demais.

Aos 18 minutos Lourenço abre o placar na Ressacada. O camisa 97 solta a pancada em cobrança de falta, a bola passa pela barreira da Chape, bate no gramado e supera o goleiro Keiler. A Chapecoense não espera o relógio marcar nem 26’ do segundo tempo e faz logo três alterações. As mudanças da Chape também surtem efeito e aos 32’ Anderson Leite empata o jogo. Mike serve o capitão dentro da área e serve o capitão que solta chute forte e cruzado deixando tudo igual.

A emoção final do jogo ficou para os cinco minutos finais de acréscimos, mais precisamente aos 49’, quando Vinicius Leite recebe na esquerda um cruzamento na medida, enquanto a zaga da Chape afasta mal e sobra nos pés do camisa 17 que faz o domínio e bate para o gol. 2 a 1 para o Avaí. Com o placar, o Avaí joga pelo empate na partida de volta em Chapecó. Para a Chape só a vitória importa para ser campeã estadual.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.