Após a classificação, Tigre foco volta para a Série C

Sem muito tempo para comemorar a conquista da vaga na Copa do Brasil, Criciúma recebe o Ypiranga (RS), neste domingo pela manhã, no Majestoso. Equipe busca se manter entre os quatro primeiros colocados da competição

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

A maratona de jogos do Tigre continua. Após a emocionante classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil, na quarta-feira, diante do América-MG, os jogadores e a comissão técnica não têm tempo para comemorar. O time já volta a campo no domingo, às 11 horas, diante do Ypiranga (RS), pela terceira rodada da Série C do Brasileiro. O técnico Paulo Baier já retomou os trabalhos, na quinta-feira, em busca de mais uma vitória. “Temos que focar no jogo de domingo contra o Ypiranga, que é um timaço. Temos que trabalhar e voltar a ter cobrança. Não queremos parar por aqui, buscamos sempre evoluir”, comenta Baier, ainda após a classificação de quarta-feira.

A confiança dada pela garantia da vaga não pode ser sinônimo de comodidade por parte dos jogadores do Criciúma. “Dá confiança, sim, mas, por outro lado, se a gente não botar o ‘pezinho no chão’ e não marcar de novo, não correr ou não tiver o espírito, a gente não consegue nada. Então, no domingo, tem que ser o mesmo ritmo que tivemos contra o América, senão não dá certo. Confiança só com esse espírito aí”, pontua Baier.

A cobrança será a mesma das últimas partidas e a classificação ficou para trás.“Passou. Volta a cobrança e a exigência. Agora, é o Ypiranga é não tem ‘ponta do pé’, é aquela marcação firme chegando e disposição. Todo mundo ajudando”, destaca o treinador. A reapresentação dos atletas aconteceu na tarde de quinta-feira, no CT Antenor Angeloni. Quem atuou por mais tempo no confronto participou de uma atividade regenerativa na academia. O restante do grupo realizou um trabalho técnico de campo reduzido no gramado do miniestádio.

O time titular será confirmado apenas momentos antes do confronto. Baier pode manter o esquema com quatro jogadores no meio – Dudu Vieira, Arilson, Eduardo e Dudu Figueiredo – ou voltar para a tática com três atacantes, sacando Eduardo e colocando PH no time. Luiz Paulo, que não pode atuar pela Copa do Brasil, por já ter defendido o Madureira na competição, retorna à titularidade.

Campeonato Brasileiro – Série C – 3ª Rodada

13/06 (domingo) – 11 horas – estádio Heriberto Hülse, em Criciúma

CRICIÚMA

Gustavo; Claudinho, Rodrigo, Marcel Scalese e Helder; Dudu Vieira, Arilson, Eduardo (PH) e Dudu Figueiredo; Luiz Paulo e Hygor (Fellipe Mateus). Técnico: Paulo Baier

YPIRANGA

Deivity; Muriel, Reinaldo, Kanu e Revson; Mikael, Dija Baiano, Clayton e Sodré; Quirino e Luis Soares. Técnico: Junior Rocha

Arbitragem: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão; Auxiliares: Márcio Soares Maciel e Tiego Henrique dos Santos Braga (trio de GO)

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.