Lojistas de SC projetam alta nas vendas de Dias dos Pais

O tíquete médio previsto deve variar entre R$ 101, e R$ 150 e os presentes mais procurados são, segundo os lojistas, itens de vestuário e calçados

Foto: Lucas Colombo / Arquivo TN
- PUBLICIDADE -

O Dia dos Pais, celebrado em 8 de agosto, deve gerar um importante crescimento nas vendas do comércio catarinense. Levantamento da Federação das CDLs de Santa Catarina (FCDL/SC) indica que 74,1% dos entrevistados esperam resultado melhor do que o registrado na mesma data no ano passado. O incremento esperado é de 4,5% no período, em relação a 2020.

O tíquete médio previsto deve variar entre R$ 101, e R$ 150 e os presentes mais procurados são, segundo os lojistas, itens de vestuário e calçados (34,3%), seguidos de acessórios e perfumes e cosméticos – 20,7% e 13%, respectivamente. Segundo os consultados, 57% dos clientes deverão fazer as compras com cartão de crédito e 19,2% optarão pelo crediário.

- PUBLICIDADE -

“É uma oportunidade para o comércio catarinense recuperar as perdas provocadas pela pandemia. Trata-se de mais uma tradicional data para movimentar o varejo”, afirma o presidente da FCDL/SC, lvan Roberto Tauffer.

Para 52,3% dos comerciantes, o comportamento dos consumidores mudou desde o início das restrições. Enquanto 50,3% dos estabelecimentos atendem apenas de forma presencial, 47,2% das lojas se adequaram ao sistema híbrido, com pontos de venda físicos e online.

O levantamento da FCDL/SC foi realizado com empresas que atuam no varejo nas 20 cidades com maior potencial de consumo de Santa Catarina.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.