Grupo Cristalcopo compra unidade produtiva em São Paulo

Operações da Topform Plastics serão incorporadas à marca Sul Catarinense a partir de janeiro

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

Criciúma

Com olhares voltados à expansão, o Cristalcopo adquiriu, recentemente, uma unidade produtiva em São Paulo. Com 55 anos de fundação, a Topform Plastics continuará suas atividades com foco na produção de laminados plásticos e produtos de higiene, limpeza e cosméticos, abrindo mercado para a marca do Sul Catarinense no maior estado do país. Foram três meses de negociações e, a partir de janeiro, iniciam as operações com o novo grupo proprietário.

- PUBLICIDADE -

“Nós estamos com uma unidade em Pombos, Pernambuco, onde atendemos todos os estados do Nordeste. Temos outra em Manaus e duas no Sul de Santa Catarina, em Içara e Criciúma. Hoje, pelas contas, temos uma representatividade boa no share de mercado em copos e descartáveis e, com a aquisição dessa unidade industrial em São Paulo, além de a gente aumentar o share, nós compramos a marca da Topform, então vamos trabalhar com duas marcas no maior estado do Brasil”, explica o diretor do Grupo Cristalcopo, Augusto Freitas.

Consolidada como a principal marca no ramo de descartáveis, a Cristalcopo prevê expansão a partir da nova área de atuação industrial em São Paulo. “Agora, com esse investimento, conseguimos abocanhar mais uma parte do mercado”, comemora Freitas. “A partir de dezembro, nós vamos fazer a transição e, em janeiro, já começam as operações da Topform dentro do grupo Cristalcopo. A empresa vai virar uma marca nossa”, acrescenta o diretor.

Além do crescimento econômico e dentro do mercado, o número de colaboradores deve saltar de 700 para 820, ao passar dos meses após o início das operações. “Nós vamos ficar com muitos profissionais da Topform”, garante Freitas. No total, foram três meses de negociações para chegar ao resultado final: a compra da unidade produtiva em São Paulo.

“Como eu já tinha contato com o proprietário da empresa e ele demonstrou vontade em sair do mercado porque não estava conseguindo mais enxergar interesse no negócio de descartáveis, conversando, ele decidiu vender e nós comprarmos. É uma empresa muito parecida com a nossa, bem organizada e com maquinários novos e atuais”, finaliza o diretor do Grupo Cristalcopo.

Fundada em 2002 pelo empresário Anselmo Freitas, hoje, a Cristalcopo conta com uma capacidade de 300 toneladas por mês de produtos acabados, além de uma equipe profissional treinada para prestar um serviço ágil e seguro nas negociações. Os itens oferecidos pela marca são produzidos em poliestireno, que garante custo benefício e, polipropileno, um material mais estruturado e resistente.

 

 

 

 

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.