Estado gera 17,8 mil novas vagas de trabalho em setembro

Içara e Criciúma aparecem no ranking das cidades catarinenses que mais geraram emprego

Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Secom

- PUBLICIDADE -

Os dados do Ministério da Economia sobre a geração de empregos em setembro voltaram a colocar Santa Catarina em posição de destaque no Brasil. Com 17.829 novas vagas formais de trabalho, o estado teve o melhor desempenho do Sul do país no mês passado. O resultado é ainda melhor quando se leva em consideração o acumulado do ano até aqui: em 2021, Santa Catarina tem um saldo de 176.789 novos postos de trabalho. Trata-se do terceiro melhor resultado em números absolutos entre todos os estados, atrás apenas de São Paulo (786 mil) e Minas Gerais (290 mil), ambos com populações muito maiores que Santa Catarina. As informações constam no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado na manhã desta terça-feira, 26.

Para o governador Carlos Moisés, os números apresentados pelo Ministério da Economia demonstram na prática o diferencial da economia catarinense. Ele conta que, se levados em consideração os últimos 12 meses, Santa Catarina registra 226.371 novas vagas formais de emprego. O chefe do Executivo lembra ainda que a taxa de desemprego está em 5,8%, a menor do país e menos da metade da média nacional.

- PUBLICIDADE -

“Os dados do emprego em Santa Catarina renovam a nossa esperança mês a mês. Vemos que a retomada econômica é uma realidade. Deveremos fechar este ano com a maior geração de empregos da nossa história. O Governo do Estado tem atuado para promover a segurança jurídica, que se traduz em novos investimentos e na chegada de novas empresas”, disse o governador.

Na divisão por setores econômicos, os serviços tiveram o melhor saldo do mês de setembro, com 7.359 novas vagas. Em seguida, aparecem a indústria (4.549), o comércio (4.273), a construção civil (1.077) e a agricultura (571). Segundo o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Luciano Buligon, os novos empregos estão surgindo em todas as regiões catarinenses. “Essa é uma prova da diversificação da nossa economia. Os empregos estão sendo gerados em todos os setores e em todas as regiões do nosso estado. Ao cuidar do emprego das pessoas, nós também estamos diminuindo gastos em outras áreas, como a saúde. Santa Catarina está no caminho certo”, afirmou Buligon.

As 20 cidades que mais geraram empregos em Santa Catarina, no acumulado do ano até aqui, são: Joinville (16.260 vagas), Blumenau (13.077), São José (9.553), Itajaí (9.117), Chapecó (6.983), Jaraguá do Sul (6.736), Brusque (5.211), Criciúma (4.921), Palhoça (4.387), Tubarão (3.287), Balneário Camboriú (2.695), Gaspar (2.664), Rio do Sul (2.453), Indaial (2.391), São Bento do Sul (2.101), Itapema (2.028), Caçador (1.969), Lages (1.932) e Içara (1.888).

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.