Dia dos Pais promete aquecer vendas no comércio

Levantamento da FCDL/SC aponta otimismo dos lojistas com a data

Foto: Lucas Colombo/ Arquivo TN

- PUBLICIDADE -

Criciúma

Com a retomada econômica e o avanço da vacinação em Santa Catarina, comerciantes estão empolgados com as vendas no Dia dos Pais, que neste ano, acontece em 8 de agosto. De acordo com o levantamento realizado pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL), 74,1% dos entrevistados esperam um resultado melhor do que o registrado na mesma data no ano passado.

- PUBLICIDADE -

“Dia dos Namorados foi uma data muito boa. Tendo isso em mente, a gente imagina que o Dia dos Pais também vai ser muito bom. O pessoal realmente sentiu vontade de presentear. O coronavírus trouxe um olhar mais voltado para a família, então achamos que vai ser uma data bem legal. Estamos focando bastante em treinamentos de atendimento, fizemos algumas live no Café de Ideias. E é muito legal, porque estamos vendo como o online ajuda nas vendas”, enfatiza o presidente da CDL de Criciúma, Tiago Marangoni.

Ainda conforme o levantamento da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas o incremento esperado de vendas é de 4,5% no período, em relação a 2020. O tíquete médio previsto deve variar entre R$ 101, e R$ 150 e os presentes mais procurados são, segundo os comerciantes, itens de vestuário e calçados (34,3%), seguidos de acessórios e perfumes e cosméticos – 20,7% e 13%, respectivamente. Segundo os consultados, 57% dos clientes deverão fazer as compras com cartão de crédito e 19,2% optarão pelo crediário.

“É uma oportunidade para o comércio catarinense recuperar as perdas provocadas pela pandemia. Trata-se de mais uma tradicional data para movimentar o varejo”, afirma o presidente da FCDL/SC, lvan Roberto Tauffer.

Para 52,3% dos comerciantes, o comportamento dos consumidores mudou desde o início das restrições. Enquanto 50,3% dos estabelecimentos atendem apenas de forma presencial, 47,2% das lojas se adequaram ao sistema híbrido, com pontos de venda físicos e online. “As pessoas estão cansadas de lidar com robôs, o legal das lives, é que os lojistas acabam sendo os garotos-propaganda, mas também estão entregando conteúdo. No município, muitas pessoas famosas são donas de lojas, isso acaba contribuindo. A CDL sempre pede para que eles mantenham a sua presença online e mostrem a sua cara. Isso faz a diferença”, acrescenta Marangoni.

O levantamento da FCDL/SC foi realizado com empresas que atuam no varejo nas 20 cidades com maior potencial de consumo de Santa Catarina. Em Criciúma, o Sábado Mais, no mês de agosto, acontece nos dias 7 e 14, com as lojas abertas até às 17h. Na sexta-feira, 6, o comércio atende até às 20h, especialmente em razão da data comemorativa.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.