Auxílio emergencial é negado a 6 mil catarinenses; há recursos em sobra

O governo de Santa Catarina anunciou nesta semana que há 9.927 trabalhadores catarinenses cadastrados e aptos para receberem o auxílio emergencial SC Mais Renda

Foto: Julio Cavalheiro/Secom

- PUBLICIDADE -

O governo de Santa Catarina anunciou nesta semana que há 9.927 trabalhadores catarinenses cadastrados e aptos para receberem o auxílio emergencial SC Mais Renda, que pagará R$ 900 em três parcelas de R$ 300. O valor representa 66% do total de inscrições realizadas para o auxílio – de 15 mil trabalhadores.

A pasta reconhece o número de pessoas que ficaram de fora do programa e justifica afirmando que elas não estavam enquadradas nos critérios aprovados em lei.

- PUBLICIDADE -

Somando o volume de trabalhadores e as famílias inscritas no CadÚnico (43 mil), que tiveram aprovação automática, são 52 mil benefícios concedidos.

A lei garante a reserva de R$ 60 milhões para o SC Mais Renda, o que seria suficiente para pagar os valores para 67 mil pessoas. Há, portanto, valores suficientes para pagar mais 15 mil benefícios. As inscrições estão abertas até 30 de setembro.

Na segunda (26), o Executivo fez uma entrega simbólica dos cartões. Segundo o governo estadual, os beneficiários do SC devem verificar a aprovação do cadastro no site do SC Mais Renda. No mesmo endereço, também é possível verificar em qual Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) deve ser retirado o cartão.

O crédito de R$ 300 da primeira parcela foi liberado nesta terça (27). Com o valor, será possível realizar compras em mercados e farmácias, mas não sacar o dinheiro.

Via Rede Catarinense de Noticias 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.