Ação irá ofertar vagas de emprego neste sábado em Criciúma

Serão 149 vagas disponíveis para atuar no ramo têxtil e mercadista. A ação será realizada pela Secretaria de Assistência Social em parceria com três empresas da região

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

Pensando em auxiliar a população a conseguir um novo emprego, a Secretaria de Assistência Social e Habitação, em parceria com três empresas do ramo têxtil e mercadista da região, realizará no próximo sábado (14), uma ação de ofertas de emprego, na Praça Nereu Ramos, das 8h às 14h.

O setor de Recursos Humanos de cada empresa será responsável pelas entrevistas no dia da ação. “Os profissionais do setor de RH vão avaliar se os candidatos se encaixam nos requisitos das empresas para a contratação”, informou o secretário de assistência social, Bruno Ferreira. “Nós esperamos que a ação renda um nível bom de contratados. É uma ótima oportunidade para os cidadãos que precisam de uma oferta de emprego”, considerou o secretário.

- PUBLICIDADE -

No ramo têxtil, são 25 vagas para trabalhar no setor de lavanderia, 25 para acabamento, 17 para passadora, 15 para expedição, 12 para revisão de peças, nove para serviços gerais, oito para recuperação de peças, cinco para corte, três para operador de máquina de cortar passante, duas para auxiliar de bordado, uma vaga para manutenção predial e uma para auxiliar de inspeção de MP. No setor mercadista são 30 vagas disponíveis.

O local será isolado para não ter aglomeração. “Nós vamos organizar as filas para respeitar o distanciamento social e orientar os candidatos sobre a ação”, afirmou Bruno. Além da oferta de empregos, a equipe da Secretaria de Assistência Social e Habitação estará no local informando a população e tirando dúvidas sobre os serviços da secretaria. Também haverá uma entrega de panfletos de conscientização sobre as campanhas da Violência Contra a Mulher, Violência Contra a Criança e Não Dê Esmola.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.